Apps de encontro são usados como isca para sequestros-relâmpago
Créditos: Freepik/Reprodução

Apps de encontro são usados como isca para sequestros-relâmpago

Crimes tiveram um aumento de 40% em 2021

De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, criminosos estão aproveitando o surgimento da modalidade de transferência bancária PIX, para executar sequestros relâmpago com maior frequência. Dados apontam que a modalidade de crime teve um crescimento de 40% em 2021, se comparado com o ano de 2019 (antes do começo da pandemia). Foram registrados 42 casos, somente em São Paulo, em 2021, contra 30 casos, no ano de 2019.  

As extorsões mediante sequestro - termo utilizado quando a vítima passa ao menos um dia no cativeiro - também aumentaram expressivamente no ano de 2021. Dados da Divisão Antissequestro apontam que foram 13 casos registrados em 2021, e apenas 5 casos em 2019. Durante o primeiro trimestre de 2022, 3 casos de extorsão mediante sequestro já foram registrados.

Dados apurados pela Folha de São Paulo revelam que em fevereiro, um gerente de atendimento, 52 anos, ficou duas horas em um cativeiro na zona norte de São Paulo, após ir a um encontro marcado em apps de namoro. O homem revela que foi abordado por dois criminosos ao chegar na portaria do prédio, aonde o encontro fora marcado. Os criminosos realizaram saques e transferências via Pix no valor de R$ 3.500 e também levaram o carro, celular e documentos da vítima. O homem também revelou que os bandidos entregaram uma nota de R$ 10 para voltar para casa de transporte público.

Aplicativos de encontros afirmam colaborar com a polícia

Alguns dos aplicativos mais populares de encontros como o Inner Circle e o Tinder, afirmaram para a Folha de São Paulo, que colaboram com as investigações da polícia sempre que são solicitados. 

O Inner Circle comentou que 'colaborará ativamente' com a justiça sempre que houver o pedido para compartilhamento de dados. A empresa afirmou em nota que: “Nossa equipe de suporte tomará as medidas necessárias para garantir que nossa comunidade esteja segura”. Além disso, o Inner Circle recomenda que é importante desconfiar de perguntas muito pessoais logo no início de uma conversa, eles também relatam que caso o outro perfil se recuse a conversar por chamadas de vídeo, é importante manter-se desconfiado.

O Tinder também afirma que colabora com as investigações da Polícia, afirmando que caso seja realizada uma solicitação, a plataforma irá compartilhar os dados do perfil investigado. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Folha de São Paulo
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.