Novos óculos ajudam deficientes visuais a ler e reconhecer rostos
Créditos: Envision

Novos óculos ajudam deficientes visuais a ler e reconhecer rostos

Os óculos descrevem o meio ambiente ao redor do usuário

Um óculos inteligente criado pela Envision pode ajudar pessoas cegas ou com problemas de visão a serem independentes em suas rotinas diárias. Eles passam a ser “os olhos” de seus usuários, utilizando muito da inteligência artificial para ajudar as pessoas a ver e entender tudo o que está ao seu redor.

O sistema do óculos inteligente tem diferentes funcionalidades de reconhecimento visual, incluindo a capacidade de leitura. Ele reconhece texto em cerca de 60 línguas, seja por notas escritas, informações nutricionais de produtos alimentícios ou até mesmo livros que o usuário deseje ler. 

Tudo isso funciona através de uma pequena câmera na lateral capaz de escanear objetos, textos e pessoas. A captação é transmitida para o usuário através de um pequeno autofalante interno. Ainda é possível que o usuário entre em contato com amigos e familiares por videochamada, para que possam descrever o ambiente para eles.

O que o Envision Glasses faz essencialmente é pegar todas as informações visuais que estão ao redor, tentar processar essas informações e depois falar com o usuário”, diz Karthik Kannan, cofundador da Envision.

A Envision não é a única empresa que desenvolve aplicativos e sistemas para ajudar cegos a “enxergar”. O aplicativo Lookout do Google pode ajudar as pessoas a identificar rótulos de alimentos, bem como encontrar objetos em uma sala. Assim como o Envision, ele também pode digitalizar documentos, dinheiro e outras coisas. O Be My Eyes também é outro aplicativo que pode ajudar. Ele conecta usuários com deficiência visual com voluntários com visão. Os voluntários então ajudam o usuário a se locomover por meio de uma função de bate-papo ao vivo.

O sistema da Envision herda a tecnologia da Google Glass, um modelo que foi abandonado prematuramente, mas que serviu de base para uma nova edição, a Google Glass Enterprise 2, que por fim serviu de modelo para essa nova solução. 

Obviamente, existem também vários cientistas que não medem esforços procurando maneiras de ajudar os usuários com deficiência visual. Alguns criaram, por exemplo, o olho biônico. Há também outras técnicas inovadoras que ajudam as pessoas a verem as formas das coisas. Claro, ainda há muito trabalho pela frente, mas mesmo assim, ter um par desses óculos que pode ajudar as pessoas usando Inteligência Artificial é emocionante.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: BGR
User img

Tainan Toldo

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina. Viciado em tecnologia, internet e mundo pop. Redator no Mundo Conectado, Adrenaline e ASUS Fanáticos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.