Tarifas dos Correios têm reajuste a partir desta segunda-feira (2)
Créditos: Divulgação/Correios

Tarifas dos Correios têm reajuste a partir desta segunda-feira (2)

Serviços como PAC e SEDEX ficam não sofrem correção pelo segundo ano consecutivo

Os Correios anunciaram o reajuste das tarifas de seus serviços postais em regime de exclusividade. O reajuste de 9,5579% entrou em vigor nesta segunda-feira (2). No ano passado, a correção foi de 4,2915%, e em 2020, de 4,3062%.

06/04/2022 às 11:00
Notícia

Correios reduz prazo de entrega do Sedex em mais de 200 trech...

Os serviços premium, como o Sedex 10 e Sedex 12 também foram aprimorados

Entre os serviços nacionais que receberão o reajuste estão: Carta e Aerograma Nacional, Franqueamento Autorizado de Cartas Nacional – FAC (Simples), Telegrama Nacional (Agência, Telefone e Internet), Correspondência Agrupada – Malote. Já a lista de serviços internacionais entram: Cartas e Cartões Postais na Modalidade Econômica (Documento Econômico) e na Modalidade Prioritária (Documento Prioritário) e Telegramas. Além deles, uma série de serviços correlacionados também terão o preço modificado.

Carta comercial de até 20 gramas passou para R$ 2,35. Já cartas e cartões postais internacionais na modalidade econômica custam R$ 1,90. No caso de telegrama nacional redigido pela internet, a nova tarifa é de R$ 9,76 por página – antes, a tarifa vigente era de R$ 8,90. O telegrama fonado passou de R$ 10,74 para R$ 11,77, e na agência, de R$ 12,89 para R$ 14,30. Todas as novas tarifas estão disponíveis no Diário Oficial da União.

Os Correios explicam que o reajuste foi aprovado seguindo os dispositivos legais, principalmente a portaria do Ministério da Economia nº 3.297/2022 e a portaria do Ministério da Fazenda nº 386/2018, que regulamentam o processo de reajuste e revisão das tarifas e dos preços públicos praticados pelos Correios na prestação dos serviços postais em regime de exclusividade.

O reajuste é inferior ao Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de janeiro a dezembro de 2021, que foi de 10,06 %, e visa tão somente compensar os efeitos da inflação do período.

SEDEX e PAC de fora

É importante ressaltar que os serviços mais populares para os brasileiros não sofreram o ajustamento de preço. Os serviços concorrenciais manteram o preço pelo segundo ano consecutivo.

Encomendas nacionais (SEDEX e PAC, por exemplo) e internacionais (serviços de importação e exportação) seguem com o mesmo valor. Além disso, estão mantidas todas as reduções de preços aplicadas a partir de 31/1/2022, que contemplaram mais de 420 cidades em todo o País. A manutenção e redução de preços nessas localidades visam garantir às empresas as melhores condições e oportunidades de negócio do e-commerce, com vistas a sua sustentabilidade.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Correios
User img

Cristino Melo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.