Shopee é autorizada pelo Banco Central a operar como instituição financeira
Créditos: Divulgação/Shopee

Shopee é autorizada pelo Banco Central a operar como instituição financeira

Aplicativo assumiu a liderança entre os aplicativos de compras preferidos dos brasileiros

Aparentemente a Shopee irá expandir sua área de atuação no Brasil. Isso porque o Banco Central concedeu autorização a gigante do comércio eletrônico funcionar como instituição de pagamento. Segundo as informações, ela entrará na modalidade de emissor de moeda eletrônica.

20/04/2022 às 15:00
Notícia

PicPay agora dá 3% de cashback em compras na Shopee

Plataforma depositará o valor resgatado em até 120 dias após a efetivação da compra

A Shopee abriu uma nova sede em São Paulo, onde funcionará a instituição. Além disso, o capital inicial é de R$ 4 milhões. O controlador é o fundador da Shopee, Forrest Xiaodong Li. A expectativa é que a marca SeaMoney seja lançada no Brasil. 

A Shopee faz parte da holding do grupo Sea, que também tem uma empresa de serviços financeiros digitais. A SeaMoney hoje tem quase 50 milhões de usuários ativos, especialmente no sudeste asiático, em países como Cingapura, Malásia, Tailândia e Indonésia.

Vale lembrar que seus concorrentes diretos como Aliexpress e Mercado Livre contam com seus próprios serviços financeiros, Alipay e Mercado Pago respectivamente.

Shopee lidera o m-commerce no Brasil

A pesquisa realizada pela Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre pagamentos móveis e comércio móvel sempre apontou para Americanas, iFood e Mercado Livre como os mais populares no Brasil. Entretanto, um ano atrás, houve a ascensão meteórica da Shopee, que alcançou a quarta posição. E agora, pela primeira vez, a Shopee assume a liderança nessa lista, informa o novo relatório da pesquisa.

O aplicativo foi citado por 21% dos consumidores, liderando com folga. Na sequência aparece o iFood com 15% e fechando o pódio está o Mercado Livre com 14%.

Campanha na TV, promoções constantes e frete grátis estão entre as armas utilizadas pela Shopee para conquistar o consumidor brasileiro. Seu público é majoritariamente feminino e jovem. Entre as mulheres que já fizeram compras via app, 26% apontam a Shopee como o aplicativo de compras que mais usam no dia a dia, contra 16% dos homens. Na faixa etária de 16 a 29 anos, a Shopee é a mais usada por 30% dos consumidores móveis. O percentual cai para 19% no grupo entre 30 e 49 anos. E abaixa para 13% entre os consumidores móveis com 50 anos ou mais. Há também uma diferença significativa de acordo com a classe social. A Shopee é a preferida de 23% dos consumidores móveis das classes C, D e E e de 14% daqueles das classes A e B.

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Mobile Time, Valor
User img

Cristino Melo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.