Maio terá eclipse total da Lua visível no Brasil
Créditos: Reuters

Maio terá eclipse total da Lua visível no Brasil

Fenômeno acontecerá na madrugada do dia 16

Se você é um amante da astronomia, assim como eu, prepare-se! O mês de maio chegou e com eles grandes eventos astronômicos. O principal deles será o eclipse lunar total que acontecerá no dia 16 de maio. Esse eclipse será totalmente visível no Brasil, e também em outros países da América do Sul, América do Norte, África e Europa.

O eclipse lunar ocorre sempre que a Terra fica posicionada entre o Sol e a Lua, projetando assim sua sombra - parcial ou total - sobre a Lua. Geralmente, esse alinhamento entre os três astros acontecem cerca de duas vezes por ano, e a duração de cada eclipse pode variar de alguns minutos até 4 horas.

Existem três diferentes tipos de eclipse lunar, veja:
Eclipse lunar total: Esse eclipse acontece quando 100% da sombra da Terra é projetada sobre a Lua. Isso ocorre quando o nosso satélite natural está inteiramente na região da umbra. 
Eclipse lunar parcial: Já o eclipse lunar parcial ocorre quando somente uma parte da Lua é coberta pela sombra terrestre. Quando isso acontece, o alinhamento Sol-Terra-Lua não é feito perfeitamente e uma parte da superfície lunar ainda recebe luz diretamente do Sol
Eclipse lunar penumbral: Como o próprio nome sugere, esse eclipse acontece quando a Lua passa na região de penumbra da sombra da Terra. Por conta disso, a sombra da Terra projetada na superfície lunar é bem fraca.

Esse eclipse do dia 16 de maio será um eclipse lunar total e ocorre perto do perigeu, que é o ponto mais próximo que a Lua atinge em relação ao planeta Terra, fazendo assim com que a Lua pareça cerca de 7% maior do que a média. Ele terá início no dia 15 às 22:32 pelo horário de Brasília. Seu ponto máximo acontece às 01:11 já na madrugada do dia 16 de maio e termina às 03:51.

Ao contrário do eclipse solar - que só pode ser visto em áreas relativamente pequenas do planeta - um eclipse lunar possui uma área de cobertura muito maior, pois pode ser visto em qualquer lugar noturno da Terra. Além disso, os eclipses lunares são seguros para serem vistos a olho nu sem qualquer proteção para os olhos.

Quando a Lua atinge seu ápice, sua superfície fica com uma coloração avermelhada. Isso é causado por um efeito óptico conhecido como dispersão de Rayleigh, que também é responsável pela cor azul que temos em nosso céu. Segundo a NASA, a luz viaja em ondas e diferentes cores de luz têm diferentes propriedades físicas. A luz azul tem um comprimento de onda mais curto e é espalhada mais facilmente por partículas na atmosfera da Terra do que a luz vermelha, que tem um comprimento de onda mais longo. A luz vermelha, por outro, viaja mais diretamente pela atmosfera.

Veja o calendário dos principais eventos astronômicos desse mês:

Continua após a publicidade
  • 06/05: Máxima atividade da chuva de meteoros eta-Aquáridas
  • 10/05: Pico da atividade da chuva de meteoros eta-Lirídas
  • 16/05: Eclipse total da Lua
  • 22/05: Conjunção entre Saturno e Lua
  • 24/05: Conjunção entre Marte e Lua e entre Júpiter e Lua
  • 27/05: Conjunção entre Vênus e Lua
  • 29/05: Conjunção entre Marte e Júpiter e entre Mercúrio e Lua
     

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: TecMundo
User img

Tainan Toldo

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina. Viciado em tecnologia, internet e mundo pop. Redator no Mundo Conectado, Adrenaline e ASUS Fanáticos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.