Pesquisadores descobrem anticorpo eficaz no combate ao câncer
Créditos: Kateryna Kon/Shutterstock

Pesquisadores descobrem anticorpo eficaz no combate ao câncer

Petosemtamab, como é chamada a proteína, pode interromper evolução da doença e evitar metástase

Mais um passo importante na luta contra o câncer: pesquisadores do Instituto de Investigação em Biomedicina de Barcelona (IRB), em parceria com a empresa holandesa de biotecnologia Merus, descobriram um anticorpo capaz de atacar células-tronco cancerígenas, o que enfraquece a doença e evita seu espalhamento para outros órgãos - a metástase.

Os primeiros testes com a proteína chamada Petosemtamab (MCLA-158), que trouxeram os resultados animadores, foram realizados em camundongos. Para os próximos, os cientistas projetam o uso de organoides, que são tecidos em 3D advindos de células-tronco.

Os pesquisadores dispõem de um biobanco desses organoides de pacientes com câncer de cólon com o objetivo de avaliar os anticorpos que mais possam ajudar no combate à doença.

De acordo com dados da Merus, três de sete pacientes com câncer de cabeça e pescoço apresentaram resultados positivos, com redução do tumor.

“A medicina do futuro começa aqui", disse Eduard Battle, pesquisador do IRB sobre os primeiros resultados. "“Esperamos que a atividade antitumoral relatada nos dados preliminares seja confirmada."

Plantas podem se juntar à luta contra a doença

De acordo com pesquisadores do Reino Unido, já há estudos que confirmam propriedades anticancerígenas em elementos do mundo natural, como as plantas.

Dois subtipos de câncer que tem resultados promissores nesse caso são o de ovário e mama. Segundo Melanie-Jayne Hower, pesquisadora dos Reais Jardins Botânicos de Kew, uns dos mais prestigiados do mundo, o teixo, planta gimnosperma rara, pode fornecer drogas potentes de forma mais simples e seguras.

“Um medicamento anti-câncer eficaz chamado paclitaxel foi desenvolvido a partir do teixo do Pacífico", comentou a estudiosa ao veículo britânico The Guardian. "No entanto, [ele] foi baseado em um produto químico que existe em rendimentos muito baixos."

Continua após a publicidade

Mais ramificações da doença, como o linfoma de Hodgkin, melanoma, dentre outras, também se beneficiam de ingredientes naturais. A rosa pervinca é responsável pela sintetização de vinblastina e vincristina, utilizados no tratamento dos tipos mencionados.

Outras pesquisas ainda em andamento envolvem um trabalho da professora Short, que analisa a eficácia de um medicamento à base de cannabis contra tumor cerebral, e até no Brasil. A startup PHP Biotech já tenta viabilizar tratamentos contra o câncer de mama Triplo-Negativo através da biodiversidade nacional.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: G1
User img

Fabio Tarnapolsky

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.