Netflix vai reduzir investimentos e apostar em assinaturas mais baratas com anúncios
Créditos: Harry Singh/Pexels

Netflix vai reduzir investimentos e apostar em assinaturas mais baratas com anúncios

Medidas são tomadas após perder mais de 200 mil clientes no primeiro trimestre de 2022

Após perder mais de 200 mil clientes no primeiro e ver suas ações caírem, a Netflix prepara medidas para recuperação. A empresa anunciou que irá implementar assinaturas mais baratas e cortará uma série de investimentos. Além disso, pretende intensificar o combate ao compartilhamento de senhas, que gera uma perda de US$ 6,25 bilhões por ano.

Em uma entrevista pré-gravada aos acionistas, o co-CEO da Netflix, Reed Hastings, disse que o streamer irá explorar o lançamento de uma assinatura com anúncio para os "próximos um ou dois anos", mesmo ele afirmando ser contra. 

"Quem acompanhou a Netflix sabe que eu fui contra a complexidade da publicidade e um grande fã da simplicidade da assinatura. Mas, por mais que eu não seja fã disso, sou um fã maior da escolha do consumidor e permitir que os consumidores que gostariam de ter um preço mais baixo, e são tolerantes à publicidade, consigam o que querem faz muito sentido", disse Hastings. "Pense em nós como bastante abertos a oferecer preços ainda mais baixos com publicidade como escolha do consumidor", completou.

Além disso, ele confidenciou que pretende reduzir gastos em conteúdos nos próximos dois anos.

Vamos reduzir os nossos gastos tanto em conteúdos como em não-conteúdos. Estamos a tentar ser inteligentes e prudentes no que diz respeito a reduzir parte desses gastos para refletir as realidades da receita do negócio”, afirmou.

A Netflix perdeu 200 mil assinantes durante seu trimestre mais recente — um grande revés para a gigante do streaming que viu um crescimento exponencial de usuários na última década — quando a empresa divulgou que ficou muito aquém de suas próprias baixas expectativas de 2,5 milhões de assinantes para o início de 2022.

Medidas de restrição

A plataforma de streaming proibiu o compartilhamento de contas na Costa Rica, Chile e Peru no último mês de março. Como os três países fazem parte da América Latina. Os assinantes precisarão acessar o Netflix  através do mesmo IP. Caso o IP seja diferente, o consumidor precisará informar um código de verificação enviado por e-mail. Toda vez que o usuário registrar o código, a Netflix irá gravar o endereço de IP e o mesmo processo precisará ser repetido toda vez que o IP mudar. Essa estratégia dificulta o acesso à plataforma em diferentes locais em uma mesma conta.

"Como resultado, as contas estão sendo compartilhadas entre as famílias — impactando nossa capacidade de investir em novas produções de séries e filmes para nossos membros", escreveu Chengyi Long, diretor de inovação de produtos da Netflix, em um post no blog no mês passado.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Hollywood Reporter, Gamesradar
User img

Cristino Melo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.