Astronautas chineses retornam à Terra após 183 dias no espaço e fazem história; entenda
Créditos: VCG/Getty Images

Astronautas chineses retornam à Terra após 183 dias no espaço e fazem história; entenda

Tripulação agora detém recorde do país de maior tempo em uma missão espacial e teve primeira mulher a fazer 'caminhada'

Na que foi a missão espacial tripulada mais longa da China até hoje, três astronautas do país voltaram à Terra no último sábado (13) - pousando na região da Mongólia anterior - após passarem 183 dias no espaço. A missão foi chamada pela imprensa nacional de "experimento de ancoragem" de uma espaçonave de carga e faz parte da montagem da estação Tiangong,

Esta não foi a primeira e nem será a última ida ao local, pois serão necessárias mais duas missões - em um total de quatro - para terminar o projeto. O trio, formado pelos homens Zhai ZhigangYe Guangfu e a mulher Wang Yaping - decolou em outubro de 2021 do deserto de Gobi, no noroeste da China.

"A cápsula de reentrada do Shenzhou-13 pousou com sucesso", noticiou a emissora estatal CCTV. O grupo passará agora por exames de saúde para verificar possíveis impactos da ausência de gravidade no corpo.

Missão faz parte da corrida espacial

A estação Tiangong terá três módulos e está localizada a cerca de 350-400 km da Terra, mas apenas um deles está em órbita atualmente. Nela, os cientistas realizaram experimentos científicos, testaram tecnologias para as próximas etapas da construção e chegaram até a fazer história: Yaping foi a primeira mulher do país a realizar uma caminhada espacial.

A missão teve como última fase a preparação da cabine para a tripulação da nave Shenzhou-14, próxima a chegar na estação, que tem previsão de lançamento para os próximos meses.

A China está em processo acelerado na 'corrida pelo universo'. Apesar de ter enviado seu primeiro astronauta somente em 2003 e de ter sido excluída da Estação Espacial Internacional (ISS), o país investiu com força na área desde a eleição de Xi Jinping, em 2013. No ano seguinte à sua posse, ele autorizou investimentos privados em tecnologias espaciais.

Além da Tiangong, o país também já conseguiu pousar um rover em Marte e coletou amostras da Lua, se colocando no páreo na 'disputa' pelo espaço contra os Estados Unidos, que comandam a ISS, e a Rússia, as duas maiores potências no ramo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Forbes, Istoé, G1
User img

Fabio Tarnapolsky

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.