Apple testa chip M2 em nove modelos de MacBooks
Créditos: Divulgação/Apple

Apple testa chip M2 em nove modelos de MacBooks

Próxima geração do Apple Silicon também estará no iPad Pro

Não um, mas nove modelos de MacBooks já são testados com o Apple Silicon M2, a futura geração dos SoCs fabricados pela própria Gigante de Cupertino. Previstos para estrearem ainda este ano, os chips M2 terão quatro versões: básico, Max, Pro e Ultra, assim como a atual linha Apple Silicon M1. É esperado que o futuro iPad Pro também utilize os novos processadores

15/04/2022 às 12:00
Notícia

Apple critica "hipocrisia" da Meta por taxar compra...

Empresa de Zuckerberg já havia questionado comissões da Maçã na App Store e foi respondida

Apple lançará MacBook Pro de entrada com M2 básico

A informação sobre os testes internos da Apple foi publicada por Mark Gurman, da Bloomberg. Ele divulgou que a empresa de Cupertino lançará um MacBook Pro de entrada que terá as mesmas especificações que o MacBook Air: o chip M2 básico, de oito núcleos na CPU e dez na GPU. Na linha Pro a Apple também está testando as versões do MacBook com M2 Pro, M2 Max e o "top dos tops" M2 Ultra. Na primeira geração, o M1 Ultra era a "junção" de dois M1 Max (saiba mais nos próximos parágrafos). Essa configuração deve ser mantida no M2 Ultra.

A segunda geração dos Apple Silicon será fabricada no elogiado processo de 4 nm da TSMC, sua fiel fabricante de hardwareGurman afirma que a Apple lançará pelo menos quatro MacBooks equipados com chip M2 neste ano. Além disso, o futuro iPad Pro usará um chip M2. A empresa de Cupertino está, segundo o jornalista, atualizando a linha Mac mini com um M1 Pro. O próximo grande evento da Apple será o WWDC entre 6 e 10 de junho. Mas os novos produtos devem ser apresentados em setembro, junto do iPhone 14.

M1 Ultra tão ultra quanto dois M1 Max

O último Apple Silicon lançado em março é a fusão de dois chips M1 Max, o modelo abaixo da performance do M1 Ultra. Segundo a Apple, seu novo chip tem um desempenho 8 vezes superior ao seu M1 "básico". As especificações do M1 Ultra são o dobro daquelas vistas no M1 Max. Veja como fica: 

  • CPU — 20 núcleos — 16 de performance e quatro de eficiência;
  • GPU — 64 núcleos;
  • Neural Engine — 32 núcleos — capaz de realizar 22 trilhões de operações por segundo;
  • Memória: capacidade para até 128 GB.


Tamanhos dos chips da família M1. Fonte: Reprodução/Apple.

O novo processador M1 Ultra é fabricado com processo litografia de 5 nm e possui 114 bilhões de transistores. Sua largura de banda é de 800 GB/s. A sua fabricação em 5 nm também traz mais eficiência energética. A Apple diz que a CPU de seu novo Apple Silicon usa 100 W a menos de energia do que um PC com CPU de 16 núcleos. Na parte da GPU, a Apple fala que o M1 Ultra utiliza 200 W a menos quando comparada com uma placa de vídeo dedicada. Obviamente, a Gigante de Cupertino não falou quem são os concorrentes.

O primeiro produto a ser equipado com o M1 Ultra será o Mac Studio, um desktop também apresentado no Peek Performance e que ficará no segmento intermediário entre Mac Mini e Mac Pro.


Fonte: Reprodução/Apple.

Continua após a publicidade

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.