Cheiros podem aumentar significativamente a sensação de imersão em realidade virtual
Créditos: Reprodução/CSIRO

Cheiros podem aumentar significativamente a sensação de imersão em realidade virtual

Pesquisadores utilizaram uma versão do game Resident Evil 7 e lançaram odores específicos para os jogadores

Recentemente, um relatório feito pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial (CSIRO) em parceria com a Universidade de Tecnologia de Sydney (UTS), na Austrália, revelou que os cheiros podem aumentar significativamente a sensação de imersão em realidade virtual

13/04/2022 às 15:15
Notícia

Apple lançará seu óculos de realidade aumentada apenas em 202...

Problemas de restrições de componentes podem fazer a empresa adiar a revelação do aparelho

Para os pesquisadores, o olfato ajuda a sensação de presença e a sensação de realismo nos games. 

Na pesquisa, o professor de biologia Nicholas Archer revelou: "O olfato tem sido uma parte vital da evolução humana e desempenha um papel essencial no nosso dia-a-dia. A capacidade de sentir odores no ambiente afeta nossas decisões do dia-a-dia, permitindo-nos julgar a comestibilidade de determinados itens de alimentos, evitar riscos ambientais e nos comunicar com outras pessoas."

Experimento 

Para realizar o experimento, os cientistas utilizaram uma versão do game Resident Evil 7 na plataforma do PlayStation VR, onde os participantes do estudo jogaram uma mesma parte do jogo duas vezes, uma vez com cheiro e outra sem. Enquanto a história do jogo se desenrolava, os pesquisadores incluíam na mesma sala uma mistura de quatro odores específicos: de floresta, de fumaça, cheiro podre e de umidade.

Para reproduzir o odor de fumaça, os cientistas utilizaram um molho de marinada de churrasco defumado, enquanto para fazer o cheiro podre, foi usado o trissulfeto de dimetil, um produto de decomposição. Além disso, foi utilizado o composto químico 1-octen-3-ol para simular o cheiro da umidade.

Utilizando um protótipo de um equipamento conhecido como "olfatômetro", os jogadores sentiam os cheiros através de um tubo de plástico, que entregava os odores em tempo real. De acordo com as informações relatadas, à medida que o jogador percorria o ambiente de realidade virtual, o equipamento permitia que os cientistas entregassem os cheiros associados à cena.

Veja abaixo as imagens que mostram como funcionava a sala de pesquisa, com mesa de questionário, a área de jogo, o olfatômetro e o local de supervisão e monitoramento.

Local e estrutura da pesquisa (Imagem: Reprodução/CSIRO)

Durante a pesquisa, através de uma pulseira inteligente, os estudiosos observaram respostas fisiológicas dos jogadores, como frequência cardíaca, atividade eletrodérmica e temperatura. 

Continua após a publicidade

Para a conclusão dos experimentos, o professor Archer ainda diz: “A conclusão é de que o cheiro aumentou significativamente a sensação de realismo na realidade virtual, causando até reações fisiológicas diferentes."

Objetivo da pesquisa

Apesar de parecer apenas uma brincadeira, para os pesquisadores, o estudo realizado com o jogo teve como objetivo analisar se as percepções atribuídas ao olfato podem ajudar em tratamentos e terapias que utilizam a realidade virtual.

Além de tudo, esses ambientes imersivos também podem ser utilizados para treinar bombeiros e equipes de emergências em situações de perigo em incêndios florestais ou com acidentes com produtos químicos.

Confira a pesquisa completa clicando aqui.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: CSIRO
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 e atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus grandes sonhos é se tornar dublador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.