Samsung está próxima de criar telas OLED mais finas e enroláveis para linhas de TV
Créditos: Reprodução/IT espresso

Samsung está próxima de criar telas OLED mais finas e enroláveis para linhas de TV

Redução no número de camadas do painel pode abrir espaço para novas formas de televisores no futuro

23/02/2022 às 13:35
Notícia

Oppo prepara smartphone com tela enrolável para 2023

Aparelho é capaz de se expandir para os lados para aumentar a sua tela

Já tendo bastante experiência com telas flexíveis e dobráveis para smartphones, a Samsung agora planeja inovações no segmento de TVs.

De acordo com informações publicadas pelo site The Elec, nesta terça-feira (12), a empresa sul-coreana trabalha em uma simplificação do processo de produção dos displays tipo QD-OLED, utilizados nas Smart TVs topo de linha da marca. 

Como resultado, a nova geração de painéis QD-OLED deve ser mais fina e flexível, algo que permitiria até mesmo a construção de TVs enroláveis num futuro próximo. Cabe destacar que o conceito não é exatamente novo, uma vez que marcas como a LG já fizeram demonstrações de telas enroláveis embutidas em mobílias, em edições anteriores da CES (Consumer Electronic Show).

Agora resta esperar para ver como a Samsung planeja implementar esse diferencial. Já imaginou uma Smart TV portátil que pudesse ser facilmente transportada como um papel enrolado?

Samsung QD OLED

O fator principal para conseguir essa flexibilidade está na redução do número de camadas de vidro utilizadas no substrato dos painéis QD-OLED. Segunda as fontes ouvidas, o objetivo seria manter uma única camada no substrato, algo possível com a eliminação da camada que faz a conversão de cores para cada um dos LEDs. 

LG Signature enrolável custava cerca de 500 mil reais em 2020

Continua após a publicidade

Quais as vantagens desta tecnologia?

Apesar dos detalhes ainda escassos, essa mudança na tecnologia de substrato do painel mostra que a Samsung pode estar encontrando novas formas para fazer a conversão das cores emitidas pelos pixels da tela. Isso tem o potencial para simplificar toda a cadeia de produção das TVs, reduzindo custos (inclusive para o consumidor) e aumentando consideravelmente os yield rates (a taxa de produtos fabricados sem defeitos) da tecnologia QD-LED. 

Segundo estimativas da SamMobile, caso a Samsung atinja uma taxa de rendimento de 70% na sua produção, ela será capaz de levar mais de 880 mil painéis do tipo QD-LED em 2022, os quais poderão ser utilizados tanto na fabricação de Smart TVs quanto de monitores. Importante lembrar ainda que em meados de 2021 a própria Samsung já vinha demonstrando painéis flexíveis e enroláveis, mas em uma escala mais voltada a dispositivos mobile. 

E aí, como imagina uma TV enrolável num futuro próximo? Deixe a sua opinião sobre a tecnologia aqui nos comentários!

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: SamMobile Fonte: TheElec
User img

Igor Pankiewicz

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.