Meta ainda planeja criação de moeda virtual após planos frustrados de criptomoeda
Créditos: Financial Times

Meta ainda planeja criação de moeda virtual após planos frustrados de criptomoeda

Unidade foi apelidada de "Zuck Bucks" por funcionários e seria utilizada principalmente em Facebook e Instagram

Apesar do fracasso no projeto de uma criptomoeda, a Meta ainda tem planos de lançar no mercado moedas virtuais, tokens e serviços de empréstimos para o metaverso, os quais os funcionários apelidaram internamente de "Zuck Bucks", um trocadilho com o nome do CEO, Mark Zuckerberg. 

O recurso funcionaria de forma semelhante a alguns já existentes, como a moeda 'robux' no popular jogo Roblox. A Meta, empresa-mãe do Facebook, introduziria tokens no aplicativo que seriam controlados por ela. Além disso, também há a ideia de "tokens sociais" ou "tokens de reputação", que poderiam ser emitidos como recompensa por contribuições significativas em grupos da rede.

Veja também: Rio de Janeiro aceitará criptomoedas para pagamento de IPTU

Para o Instagram, que também faz parte do 'guarda-chuva', o grupo analisa a criação da "moeda de criador", que estariam associadas a influenciadores específicos.

Além dos projetos para o metaverso, a Meta também busca serviços financeiros tradicionais com o mercado de empréstimos e já há discussões com potenciais parceiros, que seriam focados em pequenas empresas, embora nada confirmado.

Meta quer NFTs disponíveis já a partir de maio

Segundo um memorando interno, a empresa está mais desenvolvida nas ideias que envolvem os NFTs. A Meta quer postar e compartilhar os tokens não fungíveis no Facebook a partir de maio. Zuckerberg afirmou em relatório do Financial Times a intenção de fazer o mesmo no Instagram.

Os novos projetos da Meta no mercado digital fazem parte de sua tentativa de voltar ao topo de 'audiência' nas mídias sociais. Facebook e Instagram perderam usuários nos últimos tempos e a empresa chegou a cair mais de US$ 220 bilhões em avaliação de mercado. O TikTok, principal rival das redes, 'captou' muitos seguidores para ele.

Veja também: Senado aprova novas regras para criptomoedas no Brasil

De acordo com o chefe da divisão financeira da Meta, Stephane Kasriel, as mudanças estratégicas servirão para "priorizar a construção do metaverso e em como os pagamentos e serviços financeiros estarão neste mundo digital". Elas também incluem facilidades nos serviços de pagamento, que incluirá uma carteira única para Whatsapp e Facebook Pay e ajudará os criadores a "monetizarem suas atividades" através dos NFTs.

Continua após a publicidade

"A carteira oferecerá pagamentos, identidade e gerenciamento de ativos digitais dentro do [grupo de aplicativos e Reality Labs] e, ao longo do tempo, para outros aplicativos/sites”, disse ele em memorando.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Ars Technica
User img

Fabio Tarnapolsky

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.