Elon Musk não participará do conselho do Twitter: empresa se manifesta
Créditos: Patrick Pleul/AFL

Elon Musk não participará do conselho do Twitter: empresa se manifesta

Ingresso do CEO da Tesla no grupo o impediria de possuir mais de 14,9% da organização e recusa foi firmada por ambas as partes

Mesmo com a compra de 9,2% das ações do Twitter, Elon Musk não se juntará ao seu conselho. A informação foi confirmada pelo CEO da rede social, Parag Agrawal, em mensagem à organização. O motivo é que isso impediria o empresário de possuir mais de 14,9% da empresa.

Musk tem ideias para o Twitter desde que sua participação na rede foi anunciada, uma delas inclusive vai ser posta em prática: o botão de edição. Logo antes do anúncio da novidade, ele fez uma pesquisa para saber se os usuários gostariam do recurso. Junto a isso, deu sugestões sobre marcas de verificação e mudanças nas sedes físicas.

Veja também: Elon Musk retoma projeto de robô-táxi em inauguração de nova fábrica da Tesla

"Elon Musk decidiu não se juntar ao nosso Conselho. Aqui está o que posso compartilhar sobre o que aconteceu", escreveu Agrawal na carta à empresa. "Ficamos empolgados em colaborar e esclarecer os riscos. Também acreditávamos que tê-lo como fiduciário foi o melhor caminho a seguir."

"Anunciamos na terça-feira que ele seria nomeado para o Conselho, dependendo de uma verificação de antecedentes e aceitação formal. A nomeação de Elon para o conselho deveria se tornar oficialmente efetiva em 9 de abril, mas ele compartilhou no mesmo dia que ele não faria mais parte."

"Eu acredito que isso seja o melhor. Temos e sempre valorizamos a contribuição de nossos acionistas, estejam eles em nosso Conselho ou não. Elon é nosso maior e permaneceremos abertos à sua contribuição."

Veja também: Elon Musk faturou R$ 10 mil por segundo em 2021

Última semana foi de novidades de Musk e da Tesla

Essa não foi a primeira 'novidade' de Musk nos últimos dias. Na inauguração da nova fábrica da Tesla, na última quinta-feira (7). O sul-africano revelou que retomará o projeto dos robô-taxis, projeto que poderia ter sido consolidado em 2020, mas atrapalhado por conta da pandemia de Covid-19, que limitou o funcionamento das empresas.

Continua após a publicidade

Além disso, ele também quer produzir veículos Model Y na nova fábrica. O carro é um dos mais famosos de sua montadora e com maior potencial de venda. Totalmente elétrico, pode levar até sete ocupantes e ir de zero a 100km/h em 5s1. A fabricação em massa seria de cerca de 500 mil unidades por ano e - de olho na competição do mercado - os preços poderiam diminuir.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
User img

Fabio Tarnapolsky

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.