Elon Musk retoma projeto de robô-taxis em inauguração de nova fábrica da Tesla
Créditos: Reprodução/Tesla

Elon Musk retoma projeto de robô-taxis em inauguração de nova fábrica da Tesla

Tecnologia permite com que carros autônomos levem passageiros sem necessidade de motorista e poderia ser vendida para Uber

Seguindo um sonho que começou em 2019, Elon Musk disse na abertura da nova fábrica da Tesla, em Austin, na noite da última quinta-feira (8), que quer desenvolver robôs-taxis autônomos - ou seja, carros sem motorista - futuristas. A intenção do CEO da marca é vendê-los para companhias como Uber ou iniciar uma para competir na área.

Não é a primeira vez que o atual homem mais rico do mundo fala da ideia. O plano era lançar a tecnologia já em 2020, mas não foi consolidada provavelmente por conta da pandemia de Covid-19, que limitou o funcionamento das empresas. 

Há dois anos, um usuário questionou Musk no Twitter sobre os robôs-taxis, perguntando: "Quanto tempo para o primeiro lançamento? 2023?", e o empresário respondeu com: "A funcionalidade parece boa para [acontecer] este ano. A aprovação regulatória é a grande incógnita."

Com o recuo da Covid-19 e a gradual volta ao normal, é provável que o projeto finalmente dê seus próximos passos em 2022. 

O avanço da tecnologia traz um medo 'curioso' a alguns, de que os robôs possam estar tão avançados que se virem contra os humanos no futuro, no melhor estilo 'apocalipse' das máquinas, e isso já foi reforçado até mesmo por Musk, no Dia da Inteligência Artificial da Tesla em agosto do último ano. No entanto, ele reiterou que os seus serão amigáveis e não terão como dominar os humanos.

Sucesso automotivo da Tesla terá produção em massa e possível queda nos preços

(Divulgação/Tesla)

Não somente os robôs-taxis foram anunciados no evento da quinta-feira passada, como também a intenção de produzir veículos Model Y na nova fábrica. O carro é um dos mais famosos da Tesla e com maior potencial de venda, totalmente elétrico, que pode levar até sete ocupantes e ir de zero a 100km/h em 5s1.

Com a fabricação em massa, que deve girar em torno de 500 mil unidades por ano - e de olho na competição do mercado - os preços poderiam diminuir. Atualmente, o valores de venda começa em US$ 53940 no modelo Long Range e US$ 58940 no performance. Em conversão direta para real, daria algo entre 251 a 275 mil. Apesar disso, os preços oficiais via importação no Brasil vão de 600 a 640 mil.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Neowin.net, Wings Daily News, Notícias Automotivas
User img

Fabio Tarnapolsky

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.