Elon Musk compra 9,2% do Twitter em meio a reclamações sobre liberdade de expressão
Créditos: Christian Marquardt - Pool/Getty Images

Elon Musk compra 9,2% do Twitter em meio a reclamações sobre liberdade de expressão

Agora, o dono da Tesla se torna o maior acionista individual da rede social

O mercado financeiro amanheceu agitado nesta segunda-feira (4) após Elon Musk comprar 9,2% em ações do Twitter. Agora, o dono da Tesla se torna o maior acionista individual da rede social. De acordo com os documentos divulgados, a compra das ações da empresa de tecnologia aconteceu em 14 de março, e comunicada hoje.

29/03/2022 às 12:00
Notícia

Twitter: como criar GIFs no iPhone

Novo recurso já está disponível aos usuários

As ações do Twitter subiram 27% depois que a compra foi revelada. Este foi o maior ganho em ação da história do Twitter desde seu primeiro dia de negociação após a oferta pública inicial em 2013. Agora, Musk terá 73.486.938 de ações do Twitter que vale cerca de US$ 2,89 bilhões (cerca de R$ 13,3 bilhões de reais), com base no fechamento do mercado de sexta-feira.

Na última semana, Musk perguntou aos seus 80 milhões de seguidores se o Twitter adere os princípios de liberdade de expressão. Após mais de 70% afirmarem que não, ele perguntou se uma nova plataforma era necessária e disse estar pensando seriamente em começar a sua própria rede.

"A liberdade de expressão é essencial para uma democracia em funcionamento. Você acredita que o Twitter adere rigorosamente a esse princípio?", questionou.

Vale lembrar que desde 2018 ele sofre limitações no Twitter após fazer um acordo com Comissão de Valores Mobiliários dos EUA. Esta limitação acontece, pois, em 2018, ele twittou que havia garantido os fundos para tornar a Tesla privada se atingisse US$ 420 por ação. Posteriormente, descobriu-se que ele não havia garantido financiamento para a venda. Por isso, Musk foi forçado a fazer com que os advogados da Tesla pré-aprovassem quaisquer tweets sobre a saúde financeira da empresa, vendas, números de entrega e qualquer outra movimentação.

O anúncio será mais um grande teste para o novo CEO do Twitter, Parag Agrawal, que substituiu Jack Dorsey depois que ele renunciou inesperadamente em novembro. Agrawal prometeu aumentar a responsabilidade, tomar decisões mais rapidamente e melhorar a execução do produto. Ainda antes da mudança na chefia, o Twitter já sofria pressão para se mover mais rápido na construção de novos produtos. A empresa estabeleceu metas ambiciosas de receita e crescimento de usuários para convencer investidores céticos de que estava levando a sério a expansão de seus negócios. Embora o Twitter tenha crescido de forma constante por anos, seus ganhos de ações ficaram atrás dos pares do setor. Musk criticou o recente desenvolvimento do Twitter de fotos de perfil vinculadas a tokens não fungíveis, dizendo que a empresa de mídia social tem as prioridades erradas.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Bloomberg
User img

Cristino Melo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.