TweetDeck pode se tornar um aplicativo pago e sem anúncios em breve
Créditos: Sunny Haccan no Unsplash

TweetDeck pode se tornar um aplicativo pago e sem anúncios em breve

Nova versão do app está direcionando os usuários para a assinatura Twitter Blue de US$ 2,99 por mês

O TweetDeck é uma ferramenta bastante utilizada por jornalistas, profissionais de marketing e mídias sociais e muitos outros usuários que precisam gerenciar muitas contas e ter mais opções para publicações, engajamento e acompanhar suas métricas no Twitter. Atualmente esses recursos são gratuitos para os usuários, mas isso pode mudar futuramente, com esses recursos estando acessíveis apenas através do Twitter Blue.

31/03/2022 às 10:15
Notícia

WhatsApp adiciona seis novos recursos para mensagens por voz;...

Empresa detalhou melhor as funcionalidades que foram introduzidas no app recentemente

De acordo com a pesquisadora de segurança Jane Manchun Wong, que analisou os códigos de uma nova versão do aplicativo, a empresa afirma que oferecerá uma "uma ferramenta poderosa e em tempo real para pessoas que vivem no Twitter" e livre de anúncios para os seus assinantes. Com os usuários sendo redirecionados para a página de assinatura do Twitter Blue para ter acesso a esses recursos.

Entretanto, como apontado pelo Engadget, o TweetDeck já é uma plataforma que não possui quase nenhum tipo de anúncio, sendo um forte indício que a ferramenta realmente passará a ser paga. Manchun aponta que o app passará por uma reformulação completa e contará com novidades do aplicativo do Twitter. Mas, segundo o que foi afirmado por ela, também existe um tipo de “versão legacy” da ferramenta, que pode ser uma opção gratuita.

 A pesquisadora de segurança não conseguiu obter informações sobre como funcionarão essas duas opções de "assinaturas" do app. Mas ela acredita que a versão ‘legacy’ poderá ser descontinuada em algum momento

Desde o ano passado a rede social vem testando uma nova versão do TweetDeck, que conta com diversas mudanças como novos recursos de pesquisa avançada e novos tipos de colunas. O desejo da empresa em monetizar a ferramenta com uma assinatura não é algo novo, o Engadget aponta que em 2017 a empresa já havia perguntado aos usuários se eles pagariam uma assinatura de até US$ 20 para ter acesso a recursos avançados.

Continua após a publicidade

Agora, com essas mudanças que estão sendo testadas, ela parece ter encontrado uma forma de finalmente conseguir isso, que é juntar o serviço com o Twitter Blue, que tem uma assinatura de US$ 2,99.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Jane Manchun Wong, Engadget
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.