Google está usando inteligência artificial para detectar quando as pessoas estão em crise
Créditos: Nathana Rebouças no Unsplash

Google está usando inteligência artificial para detectar quando as pessoas estão em crise

Tecnologia usará o histórico de pesquisas para ajudar os usuários

O Google se tornou uma ferramenta bastante utilizada por pessoas que estão passando por crises pessoais. Por causa disso, a empresa está procurando maneiras de ajudar esses usuários, utilizando novas técnicas de IA para analisar de forma mais completa certas situações e direcionar para a melhor ajuda possível.

28/03/2022 às 18:10
Notícia

Google detalha atualizações de abril em seus aplicativos e se...

Correções estarão chegando para todos os apps da empresa

A principal solução da empresa para isso é o seu modelo de aprendizado de máquina, MUM, que foi apresentado durante a Google IO do ano passado e tem como objetivo melhorar as respostas com base nas pesquisas do usuário. Através desse algoritmo a empresa pretende “detectar com mais precisão uma gama mais ampla de pesquisas pessoais de crise”. 

Para identificar melhor os problemas pessoais de cada usuário, essa tecnologia irá analisar todo o contexto de pesquisas do usuário, Anne Merritt, gerente de produto do Google, afirmou que agora o mecanismo de pesquisa da empresa poderá “entender perguntas mais longas ou mais complexas como 'por que ele me atacou quando eu disse que não o amo'”. Com base em pesquisas, como essa usada como exemplo por Merritt, a IA entenderá que o problema do usuário é violência doméstica e ajudará ele a obter as informações necessárias.


Créditos: Divulgação Google

Outro exemplo utilizado pela gerente de produto da empresa é em casos de suicídio, como em pesquisas de “maneiras mais comuns de completar o suicídio” ou “pontos de suicídio em Sydney”. Anteriormente o mecanismo de pesquisa do Google, e os concorrentes, identificavam isso apenas como uma procura de informação, agora a ferramenta da empresa identifica como uma pesquisa feita por um usuário em crise e exibir um cartão afirmando que “a ajuda está disponível” e contatos para ajudar a pessoa.

Junto a essa novidade, outro mecanismo com base em inteligência artificial que a empresa falou sobre foi o BERT, que identifica melhor as pesquisas que procuram conteúdo explícitos, como pornografia. Através dele a empresa afirma ter reduzido "resultados surpreendentes e inesperados em 30%”.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Google, The Verge
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.