Lotus Eletre: Lotus revela seu primeiro "Hyper-SUV" elétrico
Créditos: netcarshow.com / Lotus

Lotus Eletre: Lotus revela seu primeiro "Hyper-SUV" elétrico

O veículo é capaz de acelerar de 0 a 100km/h em um tempo menor do que três segundos

Na última terça-feira, 29 de março, a Lotus anunciou o Eletre, também conhecido como o "Hyper-SUV elétrico". Depois de muitos investimentos da montadora Geely, o seu novo projeto finalmente parece estar chegando em um nível próximo do que era almejado nas ideias iniciais. Este será o início da sua nova plataforma, EPA (Electric Premium Architecture). Além de ser a base do Lotus Eletre, estará presente nos próximos automóveis que serão disponibilizados nos anos seguintes. Estima-se que o carro chegará ao mercado global a partir do ano que vem (2023).

Como já foi mencionado, será o modelo que trará tecnologias de uma nova geração. Este automóvel marca a estreia da Lotus com carroceira 5 portas, opções variadas de conectividade e é o primeiro que contará com uma silhueta diferente da tradicional esportiva. Falando agora sobre as dimensões, teremos 5,10 metros de comprimento, com 3,01 metros de entre-eixos. De acordo com o fabricante britânico, este veículo terá "a alma de um Lotus com a usabilidade de um SUV".

E, claro: tão ou mais importante do que tudo isso é o desempenho que a máquina disponibilizará. Com a combinação de dois motores elétricos, um em cada eixo, entrega uma potência que excede os 600 cv. Outra informação divulgada foi que o Eletre faz parte do chamado "clube dos 2 segundos" - ou seja: é capaz de acelerar de 0 a 100km/h nesse curto espaço de tempo. A velocidade máxima? Cerca de 260 km/h.



(Créditos: engadget.com / Lotus)

Sobre a autonomia, a Lotus oferecerá um alcance, em média, de 600 quilômetros. Se a bateria esgotar e você tiver dificuldades para recarregar, uma autonomia de 400 quilômetros poderá ser viabilizada em 20 minutos de uso com o carregador rápido de 350 kW.  Em vez de espelhos retrovisores comuns, a máquina contará com um conjunto de câmeras ERMD (Electric Reverse Mirror Display). A tecnologia possibilita substituir o retrovisor, enquanto a outra cria uma visão de 360º ao redor do automóvel - e, para concluir, uma terceira ainda disponibiliza a opção para condução inteligente.

Falando de assistentes de condução, teremos todos os que já são encontrados em outros automóveis concorrentes (assistência de permanência em faixa, alerta de colisão com frenagem autônoma, e mais). A novidade será que o Lotus Eletre estará equipado com os sensores LIDAR (Light Detection and Ranging), que possibilitam condução autônoma. Para fechar o pacote, temos outras características interessantes: um sistema de som da KEF, que conta com 1.380 W, com 15 alto-falantes e, para finalizar, estará presente conectividade 5G para infoentretenimento, controle dinâmico dos amortecedores e suspensão a ar.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: engadget.com, autoo.com.br, netcarshow.com
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.