Rio de Janeiro vai aceitar criptomoedas para pagamento de IPTU
Créditos: pixabay.com / Publicado por "vjkombajn"

Rio de Janeiro vai aceitar criptomoedas para pagamento de IPTU

Também está sendo estudada a possibilidade de implementar NFTs em algumas ocasiões

Moradores da cidade do Rio de Janeiro poderão pagar o IPTU usando criptomoedas a partir do ano que vem (2023). Com essa novidade, o município será o primeiro do Brasil a aceitar pagamentos com criptoativos. Fora isso, a Prefeitura está analisando a viabilidade de implementar o sistema de NFTs (token não fungível) para alguns segmentos - como turismo, arte e cultura.  As informações foram confirmadas na última sexta-feira, dia 25 de março, no evento Criptoatividade Carioca, organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS). Eduardo Paes, atual Prefeito da cidade, é considerado um entusiasta dessas práticas.

(Créditos: Twitter / Perfil público de Eduardo Paes)

Esta não é a primeira vez que Paes mencionou opções de pagamento por meio de criptomoedas. Em janeiro deste ano, confirmou que os cidadãos poderiam usar Bitcoin (BTC) para pagar os seus impostos. A decisão faz parte da iniciativa de estimular o desenvolvimento de um mercado de criptoativos local. Para que essa estratégia seja aplicável na prática, irão contratar companhias especializadas que farão a conversão das criptomoedas em reais - viabilizando que a administração da cidade receba o valor integral na moeda corrente.

O prefeito complementa:

Nosso esforço aqui é deixar claro que na cidade do Rio temos iniciativas oficiais que reconhecem esse mercado. Agora, quem investe em criptomoedas e mora na cidade do Rio vai poder gastar esse ativo aqui pagando imposto oficial na cidade do Rio. E vamos avançar nisso rápido.

 

Pedro Paulo Carvalho, economista e político filiado ao PSD, destacou o principal objetivo da iniciativa:

“Vamos estimular a circulação de criptomoedas, integrando-as ao pagamento de tributos, como no caso do IPTU. E, no futuro, isso poderá ser ampliado para serviços como as corridas de táxi, por exemplo.”

Implementações visando o mercado de NFTs

Com relação ao segmento de tokens não fungíveis, os planos da prefeitura são os já mencionados - aproveitar as peculiaridades desta ferramenta para alguns segmentos específicos, como turismo, arte e cultura. Ainda serão necessárias audiências públicas para organizar e apresentar sugestões que auxiliem a viabilizar a proposta. Uma ideia inicial seria que a Prefeitura disponibilizasse NFTs com imagens e ilustrações de pontos turísticos. Artistas poderiam aproveitam a ocasião para criarem intervenções que, posteriormente, seriam repassadas para o formato.

Continua após a publicidade

Segundo Pedro Paulo:

Indo além, vamos utilizar esses ativos criptos para estimular as artes, a cultura e o turismo, por meio de NFTs. E vamos criar uma política de governança sólida e responsável para avaliar a realização de investimentos criptos.

Antes que algo inovador assim seja aplicado, irão efetuar análises de riscos e rentabilidade. Mesmo que o objetivo seja trazer melhorias para o município, as implementações ainda precisam ser estudadas para que os resultados almejados sejam, de fato, possíveis. Para isso, irão observar os regulamentos e diretrizes do Banco Central e da Comissão de Valores Mobiliários.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: br.investing.com, tecnoblog.net
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.