Antivírus Kaspersky é considerado ameaça à segurança nacional dos EUA

Antivírus Kaspersky é considerado ameaça à segurança nacional dos EUA

Empresa afirma que a medida está sendo tomada por motivos políticos sem uma análise do seu produto

As sanções dos Estados Unidos para as empresas chinesas estão se expandindo para mais um país: a Rússia. Na última sexta-feira (25) a Comissão Federal de Comunicações (FCC) adicionou a empresa Kaspersky Lab a sua lista de empresas “non grata”, afirmando que a empresa de segurança cibernética traz um risco inaceitável para o país.

26/03/2022 às 21:04
Notícia

EUA enviam drones kamikazes para Ucrânia usar contra Rússia

O drone de forma autônoma se atira contra o alvo ao localizá-lo

Essa é a primeira vez que uma empresa russa é adicionada a ‘Covered List’, que conta com empresas como a Huawei, ZTE e outras gigantes da China. Por causa dessa decisão, as empresas norte-americanas não podem usar o subsídio de US$ 8 bilhões do Fundo de Serviço Universal, solicitado pela FCC para implementar telecomunicações em áreas rurais, para comprar os produtos da desenvolvedora de programas de segurança.

Segundo Brendan Car, comissário da FCC, essa medida contra a Kaspersky Lab ajudará os EUA a proteger as suas redes de “ameaças representadas por entidades apoiadas pelo Estado chinês e russo que buscam se envolver em espionagem e prejudicar os interesses da América”.


Créditos: Reprodução Kaspersky 

A Kaspersky diz estar desapontada com a decisão do governo, afirmando que nenhuma avaliação do seu produto foi feita para isso. Em uma nota oficial a empresa afirma que “esta decisão não se baseia em nenhuma avaliação técnica dos produtos Kaspersky – que a empresa defende continuamente – mas está sendo tomada por motivos políticos.”

Um dos pontos citados pela FCC é as proibições tomadas em 2017 contra a utilização dos softwares da empresa em entidades federais e contratados federais. A empresa afirma que na época as alegações do presidente Donald Trump eram infundadas e sem nenhuma evidência, tornando as medidas tomadas na semana passada “igualmente infundada e é uma resposta ao clima geopolítico”.

26/03/2022 às 19:00
Notícia

Samsung lança atualização para o Galaxy A71, mas sem a One UI...

Proprietários do smartphone estão ansiosos para receber o Android 12

A Kaspersky aponta que continuará garantindo para seus parceiros e clientes uma qualidade e integridade dos seus produtos, e trabalhará para cooperar com agências governamentais dos EUA para atender os pedidos da FCC ou qualquer outra agência reguladora. Apesar de ser o motivo da proibição citado pela empresa, o governo não citou a invasão da Ucrânia como motivo para essa represália, mas essa é a primeira medida tomada contra uma gigante da tecnologia da Rússia após o começo da invasão.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: kaspersky, Engadget
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.