Veja quais são os planos da NASA para impedir que asteroides caiam na Terra
Créditos: NASA/JPL-Caltech/ASU

Veja quais são os planos da NASA para impedir que asteroides caiam na Terra

NASA já identificou cerca de 28.266 asteroides com 130 metros ou mais

O cinema conseguiu nos mostrar, as vezes de forma exagerada e pouco real, os impactos de um asteroide de grande dimensão atingindo o planeta Terra. Mesmo sendo obras fictícias, o perigo realmente existe e a NASA entre outras agencias espaciais estão sempre em alertas com a possibilidade de um desses asteroides atingir o planeta.

17/03/2022 às 08:04
Notícia

Fato raro: queda de asteróide na Noruega foi prevista por ast...

A pedra espacial tinha por volta de 2 metros, e a sua colisão foi inofensiva

Segundo a própria NASA, um asteroide de 460 metros de diâmetro é capaz de destruir uma cidade inteira caso atinja o planeta, enquanto um asteroide de 6 milhas tem a capacidade de causar efeitos globais a nível de extinguir toda a vida do planeta.

E para evitar ou ao menos estarmos preparados para lidar com tais evento, a NASA em conjunto de outras agencias espaciais tem tomado algumas ações, dentre elas a localização e rastreio desses asteroides, mas até o momento somente 40% desses corpos cósmicos foram identificados, o que representa cerca de 28.266 objetos com 130 metros ou mais, e com mais de 800 desses corpos descobertos até agora são grandes o suficiente para causar efeitos globais se colidirem com o planeta.

Esse é um numero muito baixo, visto que ainda temos muitos outros corpos menores que podem nos atingir. Como o que atingiu o rio Tunguska, na Sibéria, em 1908. O corpo tinha 50 metros e estima-se que o seu impacto cerca de 80 milhões de árvores cobrindo mais de 2.150 quilômetros quadrados foram achatadas. Para que possamos nos sentir mais seguros, o ideal é identificá-los antes que se aproximem da nossa orbita, e ai entra o plano da NASA.

O Telescópio Espacial e as medidas contra Asteroides

Para preencher essa lacuna, a NASA tem planos de desenvolver um telescópio espacial que utilizará de um infravermelho para descobrir e caracterizar quaisquer objetos que alcancem a 30 milhões de milhas da órbita da Terra.

Também há outros planos em andamentos como o teste "Double Asteroid Redirection Test" (Teste de Redirecionamento do Asteroide Duplo) ou somente DART, que consiste em uma espaçonave projetada para colidir com asteroides afim de mudar o seu curso de voo.

Este plano inclusive a NASA o colocou em testes, e espera-se que uma dessas naves DART atinja o seu alvo, Didymos B (asteroide de aproximadamente 780 metros), ainda esse ano. A previsão de passagem próximo da Terra é no dia 04 outubro de 2022, a cerca de 11 milhões de km de distância. Isso equivale a 20 vezes a distância da Lua.

Continua após a publicidade

Justamente por conta dessa distancia do nosso planeta que a NASA colocou em pratica esse teste, que será a primeira missão de deflexão já registrada.

25/03/2022 às 17:28
Notícia

SpaceX tem contrato com a NASA renovado por mais dois anos

Northrop Grumman também recebeu renovação

Outra alternativa para conter um desses corpos, e essa nos remete ao filme Armageddon de 2006, é a atingir o asteroide com uma ogiva nuclear na tentativa de desviar o seu curso. No caso essa alternativa é uma das planejadas para lidar nos casos de corpos cósmicos realmente muito grandes.

Já para os corpos menores a alternativa seria lançar espaçonaves também menores próximas aos asteroides afim de usar a gravidade da nave para mudar a orbita do voo.

Essas são apenas algumas das medidas da NASA até o momento, no momento o objetivo maior é conseguir identificar e rastrear cada um desses corpos antes que estes entrem em orbita da Terra, pois só desse modo o planeta Terra poderá estar preparado para lidar adequadamente com cada um desses riscos. Ou seja, quanto mais rápido o telescópio espacial for construído, melhores são as nossas chances em lidar com uma catástrofe.

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: BGR, BigThink, CBC
User img

Diogo Batista

Um apaixonado por games, filmes de horror, livros e metal extremo. Começou a produzir conteúdo na internet quando tudo ainda era mato e não parou mais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.