Mais operações policiais farão uso de drones após implantação do 5G no Brasil, diz ministro
Créditos: pixabay.com / Publicado por "mohamed_hassan"

Mais operações policiais farão uso de drones após implantação do 5G no Brasil, diz ministro

Entenda as vantagens que a tecnologia pode oferecer a polícia

O uso da tecnologia para combater o crime é uma prática que não é nova. Drones e conexão de internet estável são algumas ferramentas que podem auxiliar, e muito, as operações nacionais. Teremos mais um instrumento que poderá ser fundamental para abordagens futuras. Fábio Faria, ministro das Comunicações, durante o Congresso de Operacionais Polícias, em Florianópolis (SC), na última terça-feira (22), confirmou que a polícia brasileira poderá contar com o auxílio de drones compatíveis com redes 5G.

(Créditos: Th.midias/terassan / uol.com.br)

Como o nosso país é muito grande e com uma distribuição desigual de cobertura tecnológica, é difícil atuar com determinados dispositivos em algumas regiões mais isoladas, porque a conexão à internet é fundamental. Tendo isso em mente, Faria ressaltou:

"Com o 5G, vamos começar a ver várias operações policiais no Brasil com uso de drones. Eles irão entrar nas operações. A PRF [Polícia Rodoviária Federal] não consegue hoje, no meio da operação, falar com outras polícias. Mas com o 5G iremos ter essa possibilidade porque a latência é quase zero."

O plano do governo é oferecer 5G para todas as capitais até julho deste ano - é uma estimativa otimista, porque existem chances consideráveis de nem todos os bairros desses locais conseguirem cumprir a meta. Com esse importante aliado, algumas abordagens serão inéditas - e, até então, apenas possíveis em filmes. A principal vantagem desses dispositivos é monitorar locais de difícil acesso, sem arriscar vidas desnecessariamente.

Engana-se quem pensa que as melhorias previstas estão restritas aos drones, pois outro projeto do governo pretende instalar câmeras de segurança em postes de iluminação pública; contudo, para que esse objetivo se torne realidade, algumas etapas ainda precisam ser definidas com a companhia israelense Juganu, que fará parte do procedimento de importação da tecnologia necessária para a instalação desses equipamentos.

O "poste tecnológico" faz, simultaneamente, o trabalho de um radar e de identificar pessoas. Porém, o procedimento ainda está na fase inicial, e é preciso estudar a viabilidade da proposta. Se tudo correr bem, seria necessária apenas uma fibra ótica em um poste para oferecer cobertura para outros em um raio de 100 km (sem fio).

Continua após a publicidade

Para as outras cidades que não fazem parte das grandes capitais, seguem as estimativas para a implementação do 5G (dados compartilhados pelo Governo Federal):

  • Julho de 2025 para cidades com mais de 500 mil habitantes;
  • Julho de 2026 para cidades com mais de 200 mil habitantes;
  • Julho de 2027 para cidades com mais de 100 mil habitantes;
  • Julho de 2028 para cidades com mais de 30 mil habitantes.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: uol.com.br
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.