Receita da Xiaomi cresceu 21,04% no último trimestre de 2021
Créditos: Xiaomi/Reprodução

Receita da Xiaomi cresceu 21,04% no último trimestre de 2021

O crescimento da gigante chinesa foi maior do que os analistas esperavam

Nesta terça-feira (22), a fabricante chinesa Xiaomi Corp divulgou seus números em relação ao quarto semestre de 2021. Segundo a empresa, houve um aumento de 21,4%, que é maior do que o esperado para o período.

Após a escassez de chips e os problemas que atingiram o setor devido à pandemia, as remessas de aparelhos da empresa tem aumentando lentamente.

Em 2021, passamos por uma situação muito complexa. A oferta está em uma posição muito severa ou apertada, e há um impacto geopolítico. No entanto, o desempenho da Xiaomi mostrou que somos uma empresa resiliente.", declarou o presidente da Xiaomi, Wang Xiang. 

A expectativa dos analistas para o último semestre de 2021 era de que a receita alcançasse 81,80 bilhões de yuans, o que já era uma ótima perspectiva em relação ao ano anterior, onde a empresa fechou com 70,46 bilhões de yuans. Mas as expectativas foram superadas e a companhia fechou 2021 com 85,58 bilhões de yuans, cerca de US$ 13,45 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

Neste quarto trimestre as remessas de smartphones aumentaram em 4,4% - 44,1 milhões de unidades no trimestre - segundo comunicado da Xiaomi. O lucro líquido subiu 39,6% (4,47 bilhões de yuans), acima das expectativas dos analistas.

 

Em 2021, a Xiaomi conquistou maior participação no mercado chinês, diferente da Huawei, que perdeu o impulso na venda de smartphones depois que os Estados Unidos impuseram restrições à exportação de seus fornecedores. Entretanto, a Honor, uma spinoff da Huawei, na segunda metade de 2021 ganhou mais força, terminando o quarto trimestre com 16% de participação de mercado chinês, segundo dados da Canalys.

Mas a Xiaomi não se atém apenas aos smartphones e busca novas oportunidades no setor tecnológico. A empresa irá investir US$ 10 bilhões nos próximos dez anos na fabricação de carros elétricos, e espera colocá-los no mercado até 2024. Ela também aumentou os investimentos em chips, lançando seu primeiro dispositivo com um processador de sinal de imagem auto desenvolvido. Outro movimento da empresa foi expandir a sua presença no varejo físico, na esperança de atrair mais clientes.

A Xiaomi registrou um aumento de 33,5% na receita em 2021, atingindo US$ 51,59 bilhões. Uma das marcas chinesas queridinhas pelos brasileiros, rivalizando com Samsung e Apple, a Xiaomi parece ainda ter uma longa trajetória de crescimento e sucesso pela frente.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Reuters
User img

Eddy Venino

Escreve sobre games, filmes, séries e tecnologia desde 2017. Já teve diversos projetos na área, entre sites especializados e podcast. Ama cultura POP e se der corda vai conversar sobre assunto por horas a fio, indo de Dragon Ball a literatura clássica. Idealizador do coletivo NOIZ; hoje tenta tornar o entretenimento um local mais receptivo para que todos possam curtir seu lado geek/nerd.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.