Satélites de Elon Musk ajudam drones ucranianos a localizar e abater tanques russos
Créditos: Divulgação | Starlink

Satélites de Elon Musk ajudam drones ucranianos a localizar e abater tanques russos

A conexão rápida e estável é fundamental para o funcionamento da unidade de reconhecimento aéreo Aerorozvidka

A ajuda de Elon Musk aos cidadãos ucranianos tem sido fundamental desde o início da invasão das forças russas. Por meio do Starlink, o magnata ofereceu uma opção viável para que os moradores não perdessem totalmente o acesso à internet - que está sendo usada para conectar e organizar membros da resistência local.

Segundo informações veiculadas pelo jornal "The Times", os satélites da companhia de Musk estão oferecendo outro tipo de vantagem para o país atacado: a unidade de reconhecimento aéreo do exército ucraniano, conhecida como Aerorozvidka, está se beneficiando da conexão pela internet oferecida pelos satélites para detectar, localizar e abater tanques, veículos e caminhões russos. Mesmo antes dessa possibilidade, Musk avisou para civis evitarem as áreas que possuírem terminais da Starlink, pois poderiam ser alvos das forças militares da Rússia.

A unidade de reconhecimento possui funcionalidades essenciais, como viabilizar a operação de drones que dispõem de câmeras térmicas para supervisionar a movimentação de veículos russos durante o período noturno, e uma conexão com alta velocidade e, acima de tudo, estável, é um aspecto que não pode ser negligenciado.

Um líder da Aerorozvidka ressaltou:

Se usarmos um drone com visão térmica à noite, o drone deverá conectar-se através do sistema Starlink à artilharia e criar uma aquisição de alvos.

 

De acordo com informações compartilhadas pela revista britânica "The Week", por volta de 50 esquadrões de pilotos de drones em uma equipe possuem a importante tarefa de utilizar os equipamentos durante a noite, pois é possível se aproximar sem ser detectado, e permite a observação sem causar conflitos diretos - que poderiam colocar em risco as vidas dos soldados.

Continua após a publicidade

(Créditos: arstechnica.com)

Em uma publicação no Twitter, o vice-primeiro-ministro da Ucrânia, Mykhailo Fedorov, confirmou o recebimento de quatro remessas de terminais Starlink desde o início do mês. O lote mais recente foi registrado na última sexta-feira (18).

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: uol.com.br, maistecnologia.com, dailymail.co.uk, arstechnica.com, starlink.com
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.