Brasil terá "rede pura de 5G" até julho, diz Ericsson
Créditos: Mohamad Hassan/Pixabay

Brasil terá "rede pura de 5G" até julho, diz Ericsson

Previsões do governo bate com fala de CEO da empresa

O CEO da Ericsson para a América do Sul, Rodrigo Dienstmann, disse em coletiva de imprensa que o país terá conexão 5G pura até julho deste ano. Reafirmando a previsão do governo brasileiro, Dienstmann afirma que as operadoras também querem que a nova tecnologia de rede móvel esteja disponível o mais rápido possível.

18/03/2022 às 14:00
Notícia

iPhone SE 3 pode bater recorde com 30 milhões de unidades ven...

Apesar de "cumprir tabela", smartphone é bem recebido

Rede pura de 5G no prazo

A rede pura de 5G, ou 5G Standalone se trata da conexão que utiliza a infraestrutura exclusiva, sem compartilhar o que já é usado para a conexão 4G. Esse 5G puro entrega tudo que é esperado da rede móvel: velocidade mais rápida e baixa latência. E Dienstmann garante que todo as questões macroeconômicas e geopolíticas não afetarão o prazo de instalação do 5G Standalone no Brasil. Sobre a escassez de componentes, o CEO da Ericsson para a América do Sul explicou que a empresa se preparou para isso, formando um grande estoque. Com isso, a empresa está preparada para implantar a infraestrutura necessária para o 5G puro

5G no Brasil: plano do governo

A previsão da Anatel é que todas as capitais tenham conectividade com a tecnologia até 31 de julho. Entretanto, isso não significa que as cidades terão cobertura integral da rede. Alguns bairros podem demorar para receber a cobertura e é exigido uma antena ERB a cada 100 mil habitantes.

Conforme já divulgado pela Anatel, serão conectados 2.349 trechos de rodovias, totalizando 35.784 Km, o que resultará na cobertura de todas as rodovias federais pavimentadas no País.

O ministro da comunicação Fábio Faria destacou a conexão das escolas brasileiras como um dos benefícios decorrentes da tecnologia de quinta geração. “Das 85 mil escolas que vão ser conectadas à internet no Brasil, 72 mil vão receber o 5G standalone, o 5G da Internet das Coisas, que vai fazer uma revolução, que vai transformar o Brasil na economia digital”, afirmou. O 5G standalone é a tecnologia de conexão que não depende das estruturas da rede 4G, muitas vezes chamado de "5G puro".

Faria ressaltou que no início do atual governo, em 2019, o Brasil tinha 50 milhões de pessoas sem acesso à internet e, atualmente, esse número estaria em 39 milhões. Para ele, o 5G beneficiará “essas pessoas que estão hoje sem internet, sem poder estudar à distância, muitas nas regiões Norte e Nordeste”.

18/03/2022 às 13:30
Notícia

Venda de smartphones 5G supera a de aparelhos 4G pela primeir...

China lidera compra dos dispositivos com 5G

Além da proposta de que a internet 5G esteja em todas as capitais até julho de 2022, a Anatel prevê que cidades com até 500 mil habitantes tenham cobertura em 2025, cidades com mais de 200 mil habitantes em 2026, 100 mil habitantes em 2027, metade das cidades com mais de 30 mil habitantes em 2028 e a outra metade em 2029. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.