Fato raro: queda de asteróide na Noruega foi prevista por astrônomos
Créditos: Divulgação | NASA

Fato raro: queda de asteróide na Noruega foi prevista por astrônomos

A pedra espacial tinha por volta de 2 metros, e a sua colisão foi inofensiva

Na última sexta-feira, 11 de março, o asteroide 2022 EB5 atingiu a Terra. O acontecimento em si foi inofensivo, pois queimou com o atrito na atmosfera; contudo, a pedra espacial de 2 metros foi observada duas horas antes da chegada ao nosso planeta. Krisztián Sárneczky, que trabalha no Observatório de Piszkéstet? (Hungria), foi o primeiro a detectar o evento. Ao suspeitar que o asteroide poderia atingir o globo terrestre, contatou a Minor Planet Center - uma organização que opera no Observatório Astrofísico Smithsonian, parte do Centro para a Astrofísica com o Observatório da Faculdade de Harvard.


(Créditos: Canal do YouTube "thebhp" (Fotos 1 e 2) / newsy-today.com (Foto 3)

Em seguida, o sistema NEA Scount, da NASA, realizou os cálculos necessários para tentar antecipar a rota, e confirmou que, de fato, estava em rota de colisão com a Terra. Antecipar algo deste nível é bem raro, pois é apenas a quinta vez que um corpo rochoso é localizado antes de colidir. Apesar de, neste caso, não ter oferecido um perigo considerável, choques como este podem ser perigosos, porque não existem mecanismos de proteção que possam minimizar os danos.

O oeste da Groenlândia até a costa da Noruega seriam os locais prováveis afetados, de acordo com as medições feitas com grande agilidade.  Após essa descoberta inicial, outros observatórios começaram a ajudar. E, com isso, a trajetória pôde ser calculada com precisão. O 2022 EB5 entrou na nossa atmosfera às 18h23 (horário de Brasília), a 470km da costa leste da Groenlândia, sudoeste da ilha norueguesa de Jan Mayen, a nordeste da Islândia.

As estações de Infrassom da Organização do Tratado de Proibição de Testes Nucleares na Groenlândia e na Noruega detectaram a explosão. Ao cruzar os dados obtidos neste evento, Peter Brown, astrônomo da Universidade de Western Ontario, acredita que a a energia gerada foi algo próximo dos 2 quilotons de TNT. Como não era um asteroide grande, apenas brilhou ao ponto de ser observável faltando poucas horas para o impacto.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: revistagalileu.globo.com, jpl.nasa.gov, newsy-today.com
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.