Apple economizou mais de R$ 30 bilhões retirando carregadores e fones das embalagens de iPhones
Créditos: Andreas Haslinger/Unsplash

Apple economizou mais de R$ 30 bilhões retirando carregadores e fones das embalagens de iPhones

Especialistas revelaram que a marca poupou cerca de R$ 180 em cada iPhone

Desde que lançou o iPhone 12 no final de 2020, a Apple revelou que não colocaria mais acessórios como carregadores e fones de ouvido na embalagem de seus produtos. De acordo com as informações do Daily Mail, durante esse período, a empresa já economizou cerca de 5 bilhões de euros, ou seja, 33 bilhões de reais. 

16/03/2022 às 13:42
Notícia

Apple não lançará novos produtos com telas mini LED em 2022

Segundo analista, empresa está segurando custos com os displays

Dessa forma, a redução do gasto de cada embalagem de aparelho caiu R$ 180 sem os dois acessórios. Segundo o mesmo relatório, a Apple ainda teria faturado o equivalente a 225 milhões de euros (cerca de 1,5 bilhão de reais) somente com a comercialização individual de fones e carregadores para os clientes.

A estimativa é que desde o anúncio da remoção de itens da caixa dos iPhones, a Apple vendeu cerca de 190 milhões de unidades de diversas versões do aparelho pelo mundo.

Aqui no Brasil por exemplo, o iPhone 13 tem preços a partir de R$ 7 mil, onde além disso, os clientes podem comprar o adaptador de tomada com valores que começam em R$ 190 e os fones de ouvido que começam no preço de R$ 210 no caso de opções mais acessíveis.

Retirada de itens da embalagem

Na época em que a decisão da retirada desses produtos da caixa do iPhone foi oficializada, a Apple declarou que a medida foi tomada por questões sustentáveis, justificando o benefício que isso proporcionaria ao meio-ambiente, já que reduziria o lixo eletrônico causados pelo envio e pela fabricação desses itens.

Ainda em 2020, a chefe de meio ambiente da Apple, Lisa Jackson, comentou sobre a mudança, ressaltando que a empresa está ciente do acumulo de adaptadores para carregadores. Jackson destacou que produzir milhões de acessórios como este de maneira desnecessária afetaria ainda mais o consumo de recursos e aumentaria a emissão de carbono.

Ao mesmo tempo que essa medida agradou ambientalistas, também desagradou os fãs da marca e os críticos, que alegaram que essa era apenas uma maneira da Apple ganhar mais dinheiro. Depois de um tempo, outras marcas como a Samsung também decidiu fazer a mesma coisa com seus smartphones. 

Carregador de iPhone (Imagem: Reprodução/Apple)

O analista-chefe da CCS Insight e especialista em tecnologia Ben Wood revelou: “A Apple é a líder de mercado da indústria de telefonia em ajudar o meio ambiente, com a remoção de carregadores e fones de ouvido uma das muitas coisas que está fazendo. Mas é claro que há uma economia de custos para a Apple na remoção de carregadores e fones de ouvido quando vende iPhones."

Continua após a publicidade

Recentemente, um porta-voz da empresa disse ao Daily Mail: “Na Apple, estamos constantemente inovando para conservar recursos e proteger o planeta que todos compartilhamos. Já neutros em carbono para nossas próprias operações, estabelecemos uma meta ambiciosa de nos tornarmos neutros em carbono para toda a nossa cadeia de suprimentos e uso de produtos até 2030 - para que todos os dispositivos Apple vendidos tenham impacto líquido zero de carbono."

"Um dos passos em nosso caminho é reduzir os materiais utilizados em nossos produtos e embalagens. Este importante passo cortou mais de 2 milhões de toneladas métricas de emissões de carbono - o equivalente a remover 500.000 carros das estradas por ano - e outros estão seguindo nosso exemplo." concluiu.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Daily Mail
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 e atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus grandes sonhos é se tornar dublador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.