Moderadores de grupos do Facebook ganham ferramenta para combater desinformação
Créditos: Divulgação | Meta / Facebook

Moderadores de grupos do Facebook ganham ferramenta para combater desinformação

As novas ferramentas para administradores de grupos foram confirmadas na última quarta-feira

Com o advento das mídias sociais, o equilíbrio entre liberdade de expressão e a necessidade de ter uma moderação ativa sempre foi um assunto polêmico. Por um lado, o potencial de estrago que fakes news podem causar não deve ser ignorado; contudo, se esse controle for muito rigoroso, a troca de ideias em um ambiente aberto para o público fica muito difícil. Depois de algumas polêmicas envolvendo esse assunto e o Mark Zuckerberg, parece que o grupo Meta está tentando aprimorar as suas opções de controle administrativo, pois na última quarta-feira, 9 de março, a rede social implementou novas funcionalidades para diminuir as desinformações propagadas internamente em grupos privados de usuários.

O uso de inteligência artificial também foi mencionado, e terá o intuito de minimizar a propagação de dados incorretos. Os criadores dos grupos poderão ativar uma nova opção que permite bloquear automaticamente mensagens consideradas como impróprias por moderadores. Uma ferramenta que antes era conhecida como "silenciar" agora foi expandida, e permite suspender, por tempo limitado, que indivíduos específicos participem de conversas dentro daquela comunidade.

Mesmo já tendo visto dias melhores, o Facebook ainda conta com uma popularidade mais do que respeitável, com mais de 1,8 bilhão de pessoas em todo o mundo - que acessam as suas páginas pessoais e também os grupos particulares. A utilização dessas ferramentas para espalhar as tão comentadas "fake news" é um acontecimento que já está sendo debatido há anos, mas ainda não conseguiram encontrar um meio termo realmente eficiente.

As comunidades foram projetadas para oferecer um espaço que pudesse unificar pessoas com gostos similares. Um contato mais próximo com amigos pessoais, ou mesmo para aqueles que se conhecem apenas pela internet. Por muitos anos, esses serviços foram ampliados por Zuckerberg e a sua equipe, mas junto com essa popularidade, que trouxe bons frutos para o Meta (como contratos comerciais que rendem muito dinheiro para os seus idealizadores), escândalos durante períodos eleitorais, e a propagação de mensagens consideradas criminosas, se tornaram cada vez mais comuns.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: g1.globo.com, uol.com.br
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.