União Europeia pede que Google desindexe sites russos das buscas
Créditos: Nathana Rebouças no Unsplash

União Europeia pede que Google desindexe sites russos das buscas

Organização acredita que isso dificulta a disseminação de conteúdo da mídia estatal russa

A União Europeia já anunciou uma série de medidas contra a Rússia pela invasão da Ucrânia, agora o bloco está requisitando que a Google remova a mídia estatal russa das pesquisas realizadas em seu site na Europa. A organização aponta que os motores de busca são fundamentais para a difusão de conteúdos, por causa disso, seria importante que eles removessem os portais Russia Today (RT) e Sputnik dos resultados.

09/03/2022 às 19:21
Notícia

O que tem dentro de um Buraco Negro? Astrônomos fazem descobe...

Estudo aponta que o universo poderia ser um holograma

Segundo informações obtidas pelo portal Washington Post, a gigante das pesquisas adicionou em seu banco de dados de solicitações governamentais uma carta enviada por funcionários da UE. No documento, esses funcionários explicam que a ordem feita pela comissão do bloco econômico de proibir esses veículos no continente também se aplicariam a plataforma de buscas, além de qualquer outra empresa da internet que opere no Velho Continente.

Essa ordem citada no documento aconteceu um pouco depois da invasão da Ucrânia começar, com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmando que com isso a mídia estatal russa "não poderá mais espalhar suas mentiras para justificar a guerra de Putin". Mas não havia ficado totalmente clara a obrigatoriedade dessa remoção de veículos da internet, algo que ela está esclarecendo agora pedido de remoção da RT e Sputnik dos resultados do Google.


Créditos: Divulgação União Europeia

A remoção da mídia estatal da Rússia dos motores de buscas pode ser fundamental para controlar a disseminação do conteúdo criado por esses veículos. Em uma parte da carta, a UE afirma que os “motores de busca desempenha um papel decisivo na difusão global dos conteúdos, na medida em que os torna acessíveis a qualquer internauta que faça uma pesquisa com base na indicação do conteúdo ou termos conexos, inclusive a internautas que, de outra forma, não teriam encontrou a página da web na qual esse conteúdo é publicado.”

Devido a isso, o bloco acredita que a não remoção desses portais dos sites de pesquisas facilita o acesso a esses conteúdos, contribuindo com isso ao acesso e compartilhamento dessas informações.

07/03/2022 às 20:17
Notícia

Rússia pode legalizar pirataria de software para enfrentar sa...

Famoso tracker russo de torrents também pode ser liberado no país

Segundo o Engadget, a Google não retornou o pedido da União Europeia, mas afirma que o site The Post, que tem sede na Europa, afirma que pesquisas realizadas no Velho Continente não mostram publicações do RT. Entretanto, essa ação ainda parece não estar funcionando em toda a Europa e a mídia estatal russa ainda está sendo exibida em algumas regiões.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Engadget, Washington Post
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.