Gasolina mais cara? Petrobrás anuncia aumento de 18% na gasolina e quase 25% no diesel
Créditos: Fábio Rossi/Agência O Globo/Reprodução

Gasolina mais cara? Petrobrás anuncia aumento de 18% na gasolina e quase 25% no diesel

Gás de cozinha também será afetado pelo reajuste nos preços que acontecerão a partir da meia-noite

A Petrobrás anunciou nesta quinta-feira (10) um aumento de 18,7% no preço da gasolina e 24,9% no preço do diesel. De acordo com a companhia, a justificativa para os aumentos é em parte pela disparada nos preços do petróleo no exterior em virtude da guerra entre Rússia e Ucrânia. O reajuste estará valendo a partir da meia-noite desta quinta-feira

Além disso, o gás de cozinha (Gás Liquefeito de Petróleo - GLP) também sofrerá um reajuste de 16%. A Petrobrás afirmou em nota que o reajuste acontece: "no mesmo sentido de outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos preços de venda", afirmando que preferiu não repassar o reajuste imediatamente ao consumidor e ficou 57 dias com os preços da gasolina e diesel inalterados.

O preço médio da venda da gasolina da Petrobrás para as distribuidoras vai passar de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro, a partir da meia-noite. O reajuste para o consumidor final será de R$ 2,37 para R$ 2,81, em média, por litro. A expectativa é que tal valor seja o equivalente a aumento de R$ 0,54 por litro. Já o diesel irá apresentar um aumento ainda maior, devendo chegar a acréscimo de R$ 0,81 por litro.

As mudanças com certeza irão pesar no bolso do consumidor final, que já não anda nem um pouco satisfeito com o preço da gasolina. Como a guerra entre Rússia e Ucrânia, aparentemente, não será resolvida tão cedo, o mercado do petróleo deve continuar em polvorosa, atingindo de forma negativa o mundo inteiro.

A solução é o elétrico?

Em contrapartida, as vendas de veículos elétricos vêm crescendo exponencialmente a cada ano no Brasil. Ao redor do mundo, os investimentos por parte de fabricantes nos modelos elétricos também está aumentando, tornando o mercado ligeiramente mais acessível.

Apesar de ainda apresentarem preços muito elevados em território nacional, muitos usuários começaram a optar por modelos elétricos ou híbridos. Atualmente ainda é difícil encontrar um carro elétrico que fique abaixo dos R$ 100 mil no Brasil. Por exemplo, o JAC E-JS1, um dos modelos mais baratos em território nacional, custa R$ 149 mil. Valor muito acima do poder de compra do brasileiro médio. Enquanto o preço da gasolina continua em escalada, talvez a esperança seja torcer para que o mercado de veículos elétricos se torne mais acessível logo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Valor Globo
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.