Bug de processadores AMD com Windows 11 será corrigido em maio
Créditos: Imagem/ Reprodução AMD

Bug de processadores AMD com Windows 11 será corrigido em maio

Desenvolvedora sugeriu também uma solução alternativa para resolução mais urgente

Modelos de processadores AMD Ryzen têm sofrido com alguns problemas de fTPM (Firmware Trusted Platform Module - Módulo de plataforma confiável de firmware, em tradução livre) no Windows 10 e 11. O TPM passou a ser obrigatório na última versão do sistema operacional da Microsoft. Nesta semana, a AMD confirmou que fTPM, que substitui o TPM físico por uma chave interna do processador, não estava funcionando corretamente, o que levou a vários usuários a serem afetados por problemas de engasgos e stuttering no sistema. 

09/03/2022 às 09:00
Notícia

Google anuncia intenção de compra da Mandiant por US$5,4 bi

A aquisição da empresa de cibersegurança deve se tornar o segundo maior acordo de todos os tempos

A fabricante informou que os computadores afetados deverão passar por uma atualização da BIOS que terão módulos aprimorados para interação fTPM com SPIROM. A previsão, segundo a AMD, é que a atualização da sBIOS esteja disponível para os usuários a partir de maio de 2022. 

Descrição do problema pela AMD 

"A AMD determinou que as configurações selecionadas do sistema AMD Ryzen podem realizar transações de memória estendidas relacionadas ao fTPM de forma intermitente na memória flash SPI (“SPIROM”) localizada na placa-mãe, o que pode levar a pausas temporárias na interatividade ou capacidade de resposta do sistema até que a transação seja concluída", informou a companhia em comunicado oficial

Solução alternativa 

Considerando que ainda faltam, praticamente, dois meses para a atualização da AMD, a empresa também sugeriu uma solução alternativa mais imediata aos usuários com urgência em resolver o problema. A AMD recomendou a utilização de um TPM de hardware (dTPM). "Os módulos dTPM da plataforma utilizam memória não volátil integrada (NVRAM) que substitui a interação TPM/SPIROM", explicou a desenvolvedora. 

 

A AMD, no entanto, reforçou a necessidade de checar a compatibilidade com o fabricante da placa-mãe para assegurar que o sistema comporta o dTPM. Outro aviso foi para desativar os sistemas de criptografia com suporte de TPM, bem como realizar um backup de dados, antes de realizar o procedimento. 

Caso tenha interesse em atualizar seu sistema, mas não tenha suporte ao Windows 11, confira o vídeo abaixo do Adrenaline para saber como! 

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: VideoCardz Fonte: AMD
User img

Andre Bassani

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.