Novo "Trem Elétrico Infinito" tem carregamento usando a gravidade
Créditos: Reprodução/ TweakTown

Novo "Trem Elétrico Infinito" tem carregamento usando a gravidade

Duas locomotivas elétricas também estão sendo desenvolvidas no Brasil

Recentemente a mineradora australiana Fortescue (Fortescue Metals Group) anunciou que estão trabalhando no projeto de um trem elétrico de emissão zero, chamado de Infinity Train. Que é a resposta da empresa quanto a redução da pegada de carbono ocasionado pelo consumo de combustível diesel.

Este anuncio ocorre pouco após a aquisição da Williams Advanced Engineering (WAE) pela Fortescue, o qual a CEO, Elizabeth Gaines disse o seguinte:

" A Infinity Train tem capacidade para ser a locomotiva elétrica a bateria mais eficiente do mundo. A regeneração de eletricidade nos trechos carregados em declive eliminará a necessidade de instalação de infraestrutura de geração e recarga de energia renovável, tornando-a uma solução eficiente em termos de capital para eliminar o diesel e emissões de nossas operações ferroviárias ", disse Elizabeth Gaines, CEO da Fortescue.

O trem fará uso de baterias que serão recarregadas com energia suficiente durante as descidas em ladeiras, na qual o trem estará totalmente carregado com minério de ferro, com isso terá energia o suficiente para fazer o caminho de retorno as minas depois de descarregado.

Desse modo, o trem utiliza a gravidade a seu favor, assim impulsionando a locomotiva para baixo e gerando energia o suficiente para completar as viagens de ida e volta. Diferente do não sustentável, no caso o diesel que é usado atualmente nas locomotivas da Fortescue.

A pegada de Carbono

Atualmente a empresa Fortescue opera com 54 locomotivas que transportam 16 conjuntos de trens, onde cada um deles conta com aproximadamente 2,8 quilômetros (1,7 milhas) de comprimento e pode transportar até 34.404 toneladas de minério de ferro.

Para se terem uma ideia, no exercício de financeiro de 2021 a Fortescue consumiu 82 milhões de litros de diesel em suas operações ferroviárias. Isso representa 11% emissões de Escopo 1 da Fortescue.

" A aquisição da WAE é um passo importante na transição da Fortescue para uma empresa global de energia e recursos verdes. Estamos estabelecendo rapidamente os blocos de construção que nos permitirão integrar totalmente tecnologias, capacidades de fabricação e geração e distribuição de energia verde para entregar em todo o O Infinity Train é um projeto importante a ser desenvolvido em conjunto com a WAE, pois trabalhamos para cumprir nossa meta de descarbonizar nossas operações de mineração até 2030 ", continuou Gaines.

Além do Infinity Train que será desenvolvido pela Williams Advanced Engineering, a Fortescue anunciou em janeiro desse ano que vai adquirir duas locomotivas elétricas que serão produzidas no Brasil, e que serão produzidas pela Progress Rail em Minas Gerais.

Segundo a mineradora as locomotivas serão máquinas de oito eixos movidas a bateria com capacidade energética de 14,5 megawatts/hora, o que sem dúvida alguma será um grande avanço no combate a emissões de carbono ao meio ambiente.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: TeakTown, Notícias de Mineração
User img

Diogo Batista

Um apaixonado por games, filmes de horror, livros e metal extremo. Começou a produzir conteúdo na internet quando tudo ainda era mato e não parou mais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.