Lixo espacial 'sem pai' finalmente atinge a Lua
Créditos: Aly Song/Reuters

Lixo espacial 'sem pai' finalmente atinge a Lua

Momento do impacto do satélite de 3 toneladas não pôde ser observado e irá demorar algum tempo para termos imagens da cratera

Em fevereiro foi identificado que um pedaço de propulsor de foguete, pesando 3 toneladas, estava em rota de colisão com a Lua. O detalhe é que ninguém sabe quem é o dono do lixo espacial. Com previsão para o impacto marcada para essa sexta-feira (3), o choque aconteceu sem que nenhum órgão governamental assumisse a 'paternidade' do foguete.

A colisão aconteceu por volta das 9h25 (horário de Brasília). O momento é o primeiro registro de impacto não intencional envolvendo restos de uma espaçonave. O que levanta diversos questionamentos sobre os atuais problemas com lixo espacial

04/03/2022 às 15:45
Notícia

Saiba como enviar seu nome para a Lua na missão Artemis I, da...

Nomes serão levados em unidade USB a bordo da espaçonave Orion

Infelizmente. o momento da colisão não foi capturado com imagens. Como já previsto anteriormente o LRO (Orbitador de Reconhecimento Lunar), da NASA, não estava em posicionamento para conseguir observar o momento.

Especialistas apontam que o choque deve ter ocorrido na cratera de Hertzsprung, que possui 570km de diâmetro. Infelizmente, imagens do tamanho da nova cratera lunar ainda devem demorar algumas semanas para serem divulgadas, pois é necessário que o LRO esteja em posição favorável na órbita lunar.

Foguete 'sem pai' 

A primeira empresa suspeita para ser a dona do foguete foi a SpaceX, especulando-se que se trataria de um Falcon 9, mas logo tal suspeita foi descartada. A confusão principal começou quando Bill Gray, gerente do Pluto Project, software de rastreamento de objetos próximos à Terra, apontou  para a possibilidade de ser o propulsor do foguete chinês da missão Chang'e 5-T1.

Porém, o porta voz Wang Wenbin, da China, negou as acusações e afirmou que o propulsor se desintegrou ao entrar em contato com a atmosfera da Terra durante sua reentrada. Tais informações são reforçadas por informações oficiais dos Estados Unidos, que lista a trajetória do objeto como se houvesse entrado em contato com a atmosfera. Tal informação, no entanto, não foi o suficiente para convencer Gray que continua afirmando se tratar do foguete chinês.

Continua após a publicidade

O impacto aconteceu, a cratera se formou e nenhum órgão assumiu a autoria do foguete. Também existem muitas possibilidades de que o propulsor perdido no espaço, continue orfão e permaneça, oficialmente, mesmo com as devidas suspeitas, sem pai. Apesar da cratera representar um novo ponto geológico de exploração da Lua, especialistas apontam que esse evento astrológico escancara os problemas de rastreamento do lixo espacial que produzimos.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Cnet
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.