Microsoft está banindo a mídia estatal russa das suas plataformas
Créditos: Aktar Hossain no Unsplash

Microsoft está banindo a mídia estatal russa das suas plataformas

Empresa é uma das últimas gigantes da tecnologia a impor sanções à Rússia

Após a Rússia anunciar que estaria invadindo a Ucrânia na última quinta-feira (25) diversas mídias digitais começaram a se preparar para lidar com isso, com empresas como Facebook, Twitter, Youtube e outras gigantes da tecnologia divulgando quase imediatamente ações contra os invasores. Agora a Microsoft se junta a essas empresas e anunciou que estará removendo e proibindo a mídia estatal russa das suas plataformas, falando mais especificamente da RT e Sputnik.

27/02/2022 às 10:51
Notícia

Drones do tamanho de aviões estão sendo utilizados no conflit...

Governo russo afirma que os Estados Unidos estão ajudando os ucranianos com informações obtidas pelas...

A partir de agora o Microsoft Start, que inclui também a página de notícias MSN, não publicará mais informações patrocinadas por esses portais, além de também remover qualquer anúncio deles. Essa ação também contará com uma limitação no buscador Bing, com o site mostrando esses sites como resposta apenas quando o usuário estiver claramente tentando acessar eles.

Junto a isso, a Microsoft também está removendo o aplicativo de notícias da RT do Windows, que estava disponível para download através da sua loja. Em conjunto a isso, a gigante de Redmond também trouxe informações sobre o seu monitoramento de segurança cibernética na Ucrânia, onde ela informou ter detectado uma onda de ataques algumas horas antes da Rússia anunciar a sua invasão.


Créditos: Divulgação Microsoft

A empresa fundada por Bill Gates afirmou que quando identificou o ataque informou isso imediatamente o governo ucraniano sobre o que estava acontecendo. Junto a isso, a empresa percebeu que o ataque estava sendo feito por um novo pacote de malware, que ela chamou de ‘FoxBlade’, com isso, a empresa afirma ter ajudado com conselhos técnicos a evitar o sucesso do ataque e, em menos de três horas, uma “solução” contra esse novo invasor foi adicionado ao anti-malware Defender.

Era esperado que ações contra a RT e Sputnik fossem tomadas de forma mais ampla após medidas da União Europeia contra a Rússia entrarem em vigor. A Microsoft afirma que, durante uma guerra, existe um aumento na propaganda estatal, para tentar realizar a manipulação das pessoas, algo que ela estará combatendo das mídias estatais russas.

26/02/2022 às 10:00
Notícia

Anonymous declara guerra cibernética contra a Rússia

Célula latino-americana do grupo, #Etersec, também faz pronunciamento no Twitter

Continua após a publicidade

Além da gigante de Redmond, o Twitter e o Facebook também tomaram medidas importantes contra os veículos estatais durante a invasão da Ucrânia. Por causa disso, a Rússia está limitando o acesso a essas redes sociais.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Engadget Fonte: Microsoft
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.