NVIDIA é vítima de ciberataque que "compromete completamente" negócios da empresa
Créditos: Divulgação/NVIDIA

NVIDIA é vítima de ciberataque que "compromete completamente" negócios da empresa

Rússia é apontada como autora do ataque, motivada pelas sanções de governos

Um dia depois da divisão de cibersegurança do FBI pedir que as empresas americanas tomassem mais atenção com possíveis ciberataques em retaliação as sanções americanas, a NVIDIA foi vitima de um malware que "comprometeu completamente partes dos seus negócios". A informação é do jornal inglês The Telegraph.

25/02/2022 às 16:05
Notícia

Após ficar fora do ar, Americanas amplia prazo de trocas e de...

Clientes poderão utilizar o tempo de desistência de um produto 15 dias após a data de entrega

NVIDIA investiga ataque que já afeta usuários

Mais do que GPUs, a NVIDIA é uma empresa de tecnologia com atuações nas áreas de servidores, platform as a service, computação HPC e Inteligência Artificial. E há relatos que diversos usuários estão inabilitados de utilizar os serviços oferecidos pela empresas. A companhia teve que desligar vários sistemas para "pacificar a invasão" antes que ela se espalhasse ainda mais. Não há informações sobre o impacto total do ataque, mas já dá para ter certeza que foi grande e iniciou logo após a divisão de ciberguerra da Rússia atacar sistemas ucranianos.

A maior preocupação da NVIDIA no momento é do ataque ter enviado algum malware em uma atualização de software. Os ciberataques ao governo americano (e diversos outros lugares) em 2020 foram realizados utilizando esse método. A SolarWinds foi invadida por uma brecha no Office 365, o que levou hackers a enviar malwares através de atualizações para órgãos e empresas que utilizavam softwares da empresa. Os servidores de e-mail da NVIDIA também estão operando parcialmente no momento, gerando a suspeita de que documentos confidenciais foram vazados. 

Mais informações no decorrer do dia. Putin khuylo

Rússia está realizando ciberataques com novo malware

 

Sandworm, grupo hacker ligado ao governo russo, está realizando ciberataques aos sites de órgãos e bancos ucranianos. O novo malware usado pelo grupo é chamado de Win32/KillDisk.NCV e é responsável por destruir dados após infectar os dispositivos. O vírus também é capaz de fazer com que o dispositivo não funcione corretamente ou pare de funcionar completamente.

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: WCCF Tech Fonte: The Telegraph
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.