Google revela diretrizes para propaganda eleitoral nas eleições de 2022
Créditos: Google/Reprodução

Google revela diretrizes para propaganda eleitoral nas eleições de 2022

Plataforma irá expandir a definição do que é considerado propaganda eleitoral em suas publicidades

Durante o mês de outubro os brasileiros possuem um compromisso marcado com as eleições de 2022, que elegem governadores dos estados e também o futuro Presidente do Brasil. Para aprimorar a qualidade dos anúncios, a Google publicou um extenso documento com as diretrizes para realização de propaganda eleitoral durante as eleições de 2022.

A empresa afirma que a intenção das novas diretrizes é permitir uma participação social mais informada durante o período eleitoral. A plataforma está adotando uma nova definição de publicidade eleitoral que irão além das propagandas eleitorais previstas na legislação brasileira. Agora, o Google irá incluir como publicidade política todo e qualquer anúncio que mencione candidatos a cargos federais, partidos políticos e governantes eleitos, mesmo sem a presença do pedido de voto.

A empresa também está elaborando o Relatório de Transparência de Publicidade Política, que irá fornecer informações em tempo real sobre anunciantes verificados por meio do Google Ads e Display & Video 360. O relatório irá fornecer informações sobre os anúncios das campanhas eleitorais de forma contínua, mesmo após o término das eleições.

Relatório irá exibir anúncios removidos

O Relatório de Transparência de Publicidade Política irá exibir as informações sobre anúncios políticos que foram veiculados no Google e também os que, porventura, forem removidos por violações às políticas. No caso da reprovação do anúncio, imagem ou vídeo serão substituídos por uma mensagem explicando que tal anúncio foi reprovado. Nome do anunciante e valor pago pelo ad serão informados ao lado da mensagem de reprovação.

A empresa também ressalta que os dados sobre os anúncios estarão disponíveis para qualquer pessoa interessada, incluindo o Tribunal Eleitoral Superior (TSE). Porém, a presença do relatório não exime as campanhas eleitorais de prestarem contas aos tribunais eleitorais.

O Relatório de Transparência de Publicidade Política já está disponível em alguns países, como os Estados Unidos. No Brasil, a empresa afirma que pretende coloca-lo no ar ainda no primeiro semestre de 2022 e em tempo hábil para as eleições que acontecem em outubro.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Google
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.