Estudo indica que uso de cigarro eletrônico pode alterar a frequência cardíaca dos homens
Créditos: Ruslan Alekso/Pexels

Estudo indica que uso de cigarro eletrônico pode alterar a frequência cardíaca dos homens

A mesma pesquisa revelou que mulheres são mais resistentes aos efeitos da nicotina

Os cigarros eletrônicos, popularmente conhecido como vapes são vistos frequentemente em lugares públicos, principalmente em locais com um público mais jovem. Agora, um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, revelou que o uso do aparelho pode alterar a frequência cardíaca dos homens.

23/02/2022 às 17:30
Notícia

Brasileiros criam algoritmo para detectar Fake News que possu...

Ferramenta está em processo de calibração e passará por novos testes

De acordo com a pesquisa, o dispositivo pode afetar o coração dos adolescentes do sexo masculino por um longo período. O estudo não revelou quais foram os efeitos causados pelo vape, mas segundo o pesquisador Loren Wold, os efeitos do aerossol causou efeitos relevantes em camundongos machos.

Sobre os experimentos, Wold disse: “Nós não sabemos os efeitos a longo prazo do vape porque só existe desde o início dos anos 2000. Não tivemos o tempo necessário para ver o que acontece, especialmente com adolescentes. Até onde sabemos, este é o primeiro estudo a avaliar a função cardíaca em camundongos adolescentes expostos ao aerossol do cigarro eletrônico".

Resultados diferentes para o sexo feminino

O estudo mostrou que os animais foram submetidos à uma mistura de aerossol do cigarro eletrônico de propilenoglicol, glicerina e nicotina vegetal. Dessa forma, os pesquisadores descobriram que as funções cardíaca das fêmeas seguiu inalterada, enquanto as dos machos sofreram alterações significativas.

O principal motivo dessa resistência uma maior quantidade de CYP2A5 (CYP2A6 em humanos) encontrado no corpo de um ser do sexo feminino, essa enzima é responsável por proteger e degradar a nicotina após o uso de aparelhos ou cigarros.

"Um estudo em animais como este é importante porque não é possível inscrever crianças em um estudo como este. Esses tipos de estudos nos dão uma ideia dos perigos do cigarro eletrônico para que possamos desenvolver terapias, bem como informar pais e formuladores de políticas públicas sobre os riscos de vaporização", concluiu o pesquisador.

Vale destacar que os vapes são proibidos em todo o território brasileiro. Essa proibição foi aplicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está em vigor desde 2019 no país.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Medical Xpress Fonte: Circulation
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 e atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus grandes sonhos é se tornar dublador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.