Mayday, Mayday: Quem é o dono do foguete que está prestes a colidir com a Lua?
Créditos: Nasa/Reprodução

Mayday, Mayday: Quem é o dono do foguete que está prestes a colidir com a Lua?

Colisão está programada para acontecer no dia 4 de março

Parece que 2022 começou como o ano dos mistérios lunares. Depois de uma misteriosa cabana, que não passava de uma pedra, agora é a vez de um foguete que está prestes a colidir com a Lua e ninguém sabe quem é o dono. O impacto está programado para acontecer no dia 4 de março, e após uma breve suspeita de que seria um Falcon 9 da SpaceX, o software Pluto Project apontou para a possibilidade de ser um foguete chinês da missão Chang'e 5-T1. No entanto, a China nega essa possibilidade, e com o impacto prestes a acontecer, ninguém ainda descobriu quem é o dono do foguete.

07/01/2022 às 17:40
Notícia

"Cabana" na lua encontrada por rover chinês era jus...

Imagem registrada pelo rover Yutu 2 de "cubo" gerou especulações nas redes

Durante coletiva de imprensa concedida nesta segunda-feira (21), Wang Wenbin, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, afirmou que não se trata do foguete Chang'e 5T1, pois o propulsor do estágio superior do foguete (uma das porções que se destaca durante o lançamento do foguete ao espaço), queimou completamente na atmosfera da Terra.

Porém, Bill Gray, que gerencia o software de rastreamento de objetos próximos à Terra, Pluto Project, não acredita nas afirmações do porta-voz Wang Wenbin.

Não há realmente nenhuma boa razão neste momento para pensar que o objeto é algo além do booster Chang’e 5-T1. Qualquer um que afirme o contrário tem uma grande colina de evidências para superar - Bill Gray

 

EUA lista propulsor como se houvesse atingido a atmosfera

De acordo com informações do 18º Esquadrão de Controle Espacial dos EUA (18SPCS), o propulsor do Chang'e 5-T1 está listado como se houvesse atingido a atmosfera da Terra em outubro de 2015. Concordando com as declarações do governo chinês.

Gray, no entanto, afirma que os dados fornecidos não passam de uma previsão de reentrada, ao invés de dados factuais. "Os únicos dados de trajetória que eles fornecem são para pouco depois do lançamento. Se isso é tudo com que eles tiveram que trabalhar, então a data de reentrada é uma previsão de um ano antes do tempo e não é particularmente significativa".

Ele afirma que a listagem do propulsor deve ser uma confusão entre duas missões chinesas com nomes peracidos: Chang'e 5 e Chang'e 5-T1. Gray comenta que o órgão 18SPCS não rastreou o objeto muito tempo após o lançamento, pois os dados da trajetória não foram atualizados. Por isso, ele afirma que a listagem não é prova forte o suficiente para garantir que não se trata do foguete chinês prestes a colidir com a Lua.

Continua após a publicidade

Mayday, Mayday Impacto iminente

Enquanto ninguém assume a "paternidade" do foguete, ele continua em trajetória direta para atingir a Lua no dia 4 de março, mais especificamente na sexta-feira da próxima semana.

De qualquer forma, os cientistas não parecem muito preocupados com o resultado do impacto, pois o objeto não irá causar grandes danos na superfície lunar. O interesse é descobrir quem, de fato, é o responsável pelo foguete, além de traçar estratégias para aprimorar o rastreamento de objetos no espaço.

Além disso, a NASA já informou que o LRO (Lunar Reconnaissance Orbiter) irá monitorar a exosfera da Lua para observar alterações e identificar com precisão o local do impacto. Infelizmente, o LRO não estará em posição para observar o momento exato da colisão. Por isso, a identificação da posição exata da cratera pode demorar alguns meses.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: CNN, Daijiworld
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.