Homem que faz vídeos resumindo filmes em 10 minutos é detido no Japão
Créditos: Jimmy Chan/Pexels

Homem que faz vídeos resumindo filmes em 10 minutos é detido no Japão

Conteúdos como Parasita e Me chame pelo seu nome eram publicados no YouTube sem permissões dos detentores dos direitos autorais

Na última semana, a Divisão de Ambiente de Vida da Sede da Polícia da Província de Miyagi e a Delegacia de Polícia de Shiogama prenderam um homem que postava vídeos resumindo filmes no YouTube. De acordo com as informações, o homem de 48 anos negou as acusações dizendo que o trabalho não era ilegal. 

18/02/2022 às 18:46
Notícia

J.J. Abrams confirma as gravações de Star Trek 4

Sequência contará com os atores dos últimos três filmes, como Chris Pine, Zachary Quinto e Zoe Saldaña

Segundo um comunicado do grupo antipirataria CODA, Yukio Takasugi gerenciava o canal que editava filmes como Paprika, Me chame pelo seu nome, Parasita e outras sete produções e postava na plataforma de vídeos do Google, sem permissões do detentor dos direitos autorais.

Chamados de "Filmes Rápidos", os conteúdos de cerca de 10 minutos apresentavam narrações explicando o enredo dos filmes sem a inclusão de spoilers.

Para as entidades japonesas, as infrações criminais envolvendo direitos autorais é levada muito a sério, já que no ano passado, três pessoas foram presas baixar essas edições através do canal. Logo depois, outros dois indivíduos também tiveram que responder pelo mesmo tipo de crime.

Conteúdos apenas para membros

Takasugi revelou que os conteúdos ficavam disponíveis somente para os membros do canal, onde os usuários tinham que pagar 500 ienes (o equivalente a 22 reais, na conversão direta atual) por mês para assisti-lo. Mas, o responsável por gerenciar os conteúdos alegou que não fez nada de errado durante esse período.

O público alvo dos vídeos eram pessoas que se interessavam em assistir os filmes, mas não conseguiam acessá-los em outro lugar ou não tinham tempo para assisti-los.

O CODA ainda revelou que os vídeos geraram cerca de 1,5 milhão de ienes (mais de 67 mil reais, em conversão) para os criadores. “O CODA continuará a tomar medidas como a identificação de uploaders para contas maliciosas”, finalizou a associação.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: CODA
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 e atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus grandes sonhos é se tornar dublador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.