Chrome e Firefox poderão "quebrar" sites nas suas próximas versões; entenda o motivo
Créditos: Google/Mozilla/Reprodução

Chrome e Firefox poderão "quebrar" sites nas suas próximas versões; entenda o motivo

Ambos os browsers irão atingir a versão 100 e isso pode ocasionar bugs durante conexão entre navegador e site

O Google Chrome irá chegar na sua versão 100 no dia 29 de março de 2022, já o Mozilla Firefox chegará a sua versão 100 na data 3 de maio. Interessante? Sim. Mas qual a importância dos dois browsers mais populares alcançarem os três dígitos tão próximos um do outro? A importância é que ao atingir a versão com três dígitos, é esperado que diversos sites da internet apresentem erros ao carregarem suas páginas, resultando em um caos completo como era esperado no famoso "bug do milênio" dos anos 2000.

Sites como o Bleeping Computer apontam que diversas páginas da internet, muitas com grandes números de acesso diários, irão apresentar erros ao carregar a última versão dos navegadores. O resultado disso será alguns dias de muita dificuldade para navegar pela rede.

Qual o motivo do bug dos browsers?

O motivo de tais erros reside no momento que o navegador precisa se conectar à um site, ele envia uma requisição denominada user-agent. O que acontece é que como não há um padrão especificado, em linhas gerais, os sites não estão preparados para receber a requisição de browsers a partir da versão 100, que chegará com três caracteres.

Sites como HBO Max, Yahoo e Bethesda apresentaram problemas com a versão 100 do Firefox

Até a versão 99.X, a requisição chega com apenas dois caracteres. Dessa forma as bibliotecas dos sites já estão preparadas para ler a string e tirar conclusões que afetam os códigos. A partir da nova versão, sites precisarão levar em consideração os três caracteres para carregar corretamente a página. O que pode causar muitos erros. Se você ainda não entendeu, interprete como se o remetente de uma carta não fosse reconhecido pela Agência Postal e então retornado.

Se você acha que os sites irão estar preparados para tal alteração até o momento da atualização, não se iluda. Recentemente, o Mozilla fez um pequeno teste e identificou que sites grandes como HBO Max, Yahoo e Bethesda apresentaram problemas de carregamento. Tanto o Google quanto o Mozilla estão realizando uma campanha para acelerar o processo de atualização das bibliotecas dos sites para evitar bugs generalizados pela rede.

Como funciona o user-agent

Abaixo irei mostrar a você um pequeno exemplo de como funciona a requisição user-agent realizada entre browser e site acessado. Ao se conectar em um site pelo Google Chrome, versão 98 a partir de um Mac com OS 10, o string formado pela requisição user-agent terá o seguinte formato:

  • Mozilla/5.0 (Macintosh; Intel Mac OS X 10_15_7) AppleWebKit/537.36 (KHTML, like Gecko) Chrome/98.0.4758.80 Safari/537.36

Em negrito você vê tanto a versão do sistema operacional, quanto a versão do Chrome. Caso a versão do navegador fosse a com três dígitos (Chrome/100.x.xxxxx) existe a possibilidade do site em questão não conseguir ler a requisição e bugar.

Continua após a publicidade

Olhando de fora parece algo simples não é mesmo? Mas na realidade existe muito trabalho a ser realizado para evitar tais problemas quando as novas versões do Chrome e Firefox forem lançadas.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Bleeping Computer, Engadget
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.