Xiaomi está preparada para uma guerra de "vida ou morte" pelo mercado global
Créditos: Imagem/ Divulgação Xiaomi

Xiaomi está preparada para uma guerra de "vida ou morte" pelo mercado global

Topos de linha são a chave para conquistar o ápice do mercado mundial, hoje da Apple

A Xioami está preparando mais ações com o objetivo de ser a marca número um em vendas no planeta. De acordo com o South China Morning Post, o CEO da marca, Lei Jun afirmou que o plano é seguir o projeto de expansão para, então, superar a Apple em vendas. A Xiaomi deve concentrar-se no segmento dos topos de linha no mercado global de smartphones. 

09/02/2022 às 20:04
Vídeo

Linha Galaxy S22 chega trazendo Snapdragon 8 Gen 1 para os br...

S22 Ultra chega com caneta S Pen integrada combinando entretenimento e produtividade

“[Nosso objetivo é] comparar totalmente a Apple em [termos de] produto e experiência, e nos tornar a maior marca de ponta da China nos próximos três anos”, publicou Jun em sua página oficial no Weibo, uma plataforma de mídia chinesa. Na terça-feira (08), data da publicação, os executivos da Xiaomi fizeram uma reunião para decidir as diretrizes que a empresa seguirá no futuro.  

"A estrada high-end é o único caminho para o crescimento da Xiaomi, e também é uma batalha de vida ou morte para o desenvolvimento da empresa. Seremos inabaláveis", publicou o CEO da empresa. Lei Jun também reafirmou o movimento da empresa de investir cerca de US$ 15,71 bilhões em pesquisa e desenvolvimento nos próximos cinco anos.

 

Contexto 

No último trimestre de 2021, a Apple foi a empresa que mais forneceu smartphones no mundo, desbancando a Samsung. De acordo com o relatório da Canalys, a empresa da maçã teve uma participação de 22% do mercado global no final do ano passado, devido à grande demanda do iPhone 13, o último lançamento da marca. Ainda segundo o relatório, Xiaomi, Oppo e Vivo completaram o top 5 de mais vendidos no quarto trimestre de 2021. 

28/12/2021 às 18:50
Notícia

Xiaomi: em 3 anos seremos a maior fabricante de smartphones d...

Para se tornar a número 1 até 2024, Xiaomi terá que superar a competição feroz da Samsung e da Apple

A Xiaomi atingiu o top 2 das vendas no segundo trimestre de 2021, ocupando 17% do mercado mundial, através do crescimento da participação em mercados como América do Sul, África e Europa Ocidental, segundo o Canalys. Mas as vendas reduziram no terceiro trimestre. 

Além do foco nos topos de linha, a Xiaomi pretende ainda investir em infraestrutura de varejo. Em novembro, a marca já havia revelado o plano de construir 30 mil lojas da Xiaomi em todo o mundo, até 2024. 

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: SCMP
User img

Andre Bassani

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.