Hacker solitário assume autoria do ataque contra internet da Coreia do Norte
Créditos: Micha Brandli/Unsplash

Hacker solitário assume autoria do ataque contra internet da Coreia do Norte

Americano disse que quer se vingar por ter sido vítima de outro ataque hacker feito pelo país

A história é assim: um homem é vítima de um ataque de um governo. Sozinho, ele toma o papel de justiceiro, luta por vingança e para recuperar aquilo que perdeu. Claramente isso poderia ser um filme, com o roteiro que misture Busca Implacável, Justiceiro e Rambo. Mas é só a vida real imitando a arte, com um único hacker assumindo a autoria do ataque que derrubou toda a internet da Coreia do Norte (e deixou o Kim Jong-Un sem saber das últimas do mundo de K-Pop).

30/01/2022 às 14:15
Notícia

Ransomware: o que é e como proteger a sua empresa de ataques ...

Sequestro de dados foi um dos ataques mais infames de 2021

Coreia do Norte mexeu com quem estava quieto

hacker americano P4x, que assumiu a autoria dos ataques para veículo americano Wired, explicou que ele foi uma das vítimas de outro ataque hacker organizado pela Coreia do Norte em 2021. Na campanha virtual do país controlado por Kim Jong-Un, contas falsas, se passando por caçadores de bugs e vulnerabilidades em sistemas, entravam em contato com especialistas em cibersegurança e utilizavam de engenharia social para que eles baixassem arquivos maliciosos, acreditando se tratar de um código cujo criador queria alguma ajuda. P4x (não confundir com Pix) caiu no golpe.


Fonte: The Digital Way/Pixabay.

Incomodado com a falta de resposta do governo americano, P4x iniciou sua vingança. Durante o período em que a Coreia do Norte realizou testes de mísseis, diversos sites governamentais caíram. Primeiro, pensaram se tratar de um ataque hacker de algum governo rival, como Estados Unidos, mas tudo foi feito por uma única pessoa. O hacker americano (que daria um ótimo nome de filme) não revelou os pontos de vulnerabilidades do sistema norte-coreano. Mas em um país tão fechado, em que a população é proibida de acessar a internet, sendo o acesso exclusivo ao alto comando da ditadura, não serão tantas pessoas assim afetadas em uma população de 25 milhões de habitantes. Além de afetar a comunicação do governo, Kim Jong-Un deve ter perdido algum episódio de seu Dorama favorito

O ataque foi do tipo DDoS, sigla para distributed denial of service. Ataque em que hackers usam bots para simular um imenso número de acessos a um mesmo site a fim de sobrecarregar seus servidores e derrubá-lo. P4x disse que o ataque foi muito fácil e quase que todo automatizado. Ou seja: se uma pessoa consegue fazer, é sinal que a Coreia do Norte só tem internet porque os inimigos não derrubam.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Business Insider Fonte: Wired
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.