Pela primeira vez na história caiu o número de pessoas que usam o Facebook
Créditos: Pexels/Brett Jordan

Pela primeira vez na história caiu o número de pessoas que usam o Facebook

Resultados fizeram ações da empresa despencarem mais de 20%, apagando US$ 200 bi de seu valor de mercado

31/01/2022 às 17:27
Notícia

Meta lança Avatares 3D para Facebook, Messenger e Instagram

Novidade já tem "roupas" para o Super Bowl

Nesta quarta-feira (02), o Facebook reportou algo inédito em sua história: uma queda no número de usuários diários da rede social. A notícia veio acompanhada também por um crescimento abaixo do esperado no segmento de publicidade, causando uma baixa massiva no valor das ações da empresa, em torno de 20%. 

Conforme apontou o site The Verge, isso resultou em uma perda de valor de mercado de 200 bilhões de dólares em um único dia, algo que coloca ainda mais pressão sobre o Facebook e sobre a sua empresa controladora, recentemente renomeada para Meta. 

Conforme dados divulgados, o número de usuários diários do Facebook caiu de 1,93 bilhões para 1,929 bi. Apesar de não parecer grande, a questão é que desde a sua criação a rede social reportava apenas aumento após aumento. Estudos recentes mostram um dado ainda mais preocupante, que é a queda da relevância do Facebook com o público mais jovem. 

Falando sobre o Instagram, a Meta não divulgou dados detalhados, mas o número de usuários diários, quando somados todos os apps, subiu em "apenas" 10 milhões, levando o total para 2,82 bi. WhatsApp seguiu uma tendência similar, mantendo seus resultados praticamente inalterados em relação ao período anterior.

Facebook

Planos em andamento

De um modo geral, as finanças da Meta seguem muito saudáveis. Em 2021, a empresa fechou suas contas com um lucro de aproximadamente 40 bilhões de dólares. Apesar disso, há divisões da empresa que vêm causando prejuízos. É o caso da Reality Labs, que hoje trabalha nos óculos de realidade virtual (Oculus Quest), em softwares de VR e também no futuro projeto de óculos de realidade aumentada (AR). 

Essas iniciativas vêm sendo focadas principalmente em projetos ligados ao metaverso e causaram prejuízo de US$ 10,2 bi em 2021 - com receita de 2,3 bi de dólares pelas vendas do Oculus VR Headset e por outros apps ligados à realidade virtual. 

Apesar de a Meta não ter divulgado quantas unidades do Oculus Quest foram vendidas, analistas estimam que esse número deva estar em torno de 10 milhões de unidades. O próprio fundador da Meta e do Facebook, Mark Zuckerberg, já afirmou que a nova geração dos óculos de realidade virtual será lançada em 2022, mirando no segmento high-end e com um preço compatível.

Continua após a publicidade

Em seu perfil no Twitter, Nikita Bier (ex-Meta e desenvolvedor de social apps) afirmou que a situação do Facebook é complicada, uma vez que a empresa hoje se vê limitada pelas leis antitruste que impedem novas aquisições e pelo próprio Metaverso, que ainda está "a 10 anos de distância".

Contudo, ele destaca que não apostaria contra Zuckerberg no longo prazo, chamando o fundador do Facebook de "o maior operador do mundo". 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
User img

Igor Pankiewicz

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.