Relatório aponta que DJI mantém laços próximos com governo chinês
Créditos: Escola Educação | DroneXL

Relatório aponta que DJI mantém laços próximos com governo chinês

A fabricante é alvo de suspeitas e sanções do governo dos EUA nos últimos anos

A relação da DJI com o governo norte-americano não anda em bons termos nos últimos anos, e a tendência é que piore. Recentemente, o Washington Post revelou que a fabricante chinesa de drones mantém conexões bem próximas com o governo chinês, recebendo inclusive financiamento estatal.

O jornal diz ter encontrado referências a esses investimentos em “relatórios e artigos da empresa publicados nos sites de investidores estatais e controlados” e em análises do IPVM, grupo de vigilância por vídeo dos Estados Unidos. Os arquivos analisados mostram, pelo menos, quatro entidades de propriedade ou supervisionadas pelo governo chinês que teriam investido na DJI nos últimos anos, recebendo também drones e equipamentos. Até então, a DJI sempre afirmou que não recebia qualquer investimento estatal e não mantinha conexões com o governo chinês.

Uma das organizações citadas nos relatórios do Post e pela IPVM é a China Chengtong Holdings Group, que é ativamente gerenciada pela Comissão de Supervisão e Administração de Ativos Estatais de Pequim (SASAC). De acordo com um relatório de negócios de 2018, ela investiu na DJI por meio de um fundo governamental no valor de US$ 55,3 bilhões, mas não há informações sobre quanto de fato teria ido para a gigante dos drones. Um artigo publicado no site da China Chengtong em outubro de 2019 confirma o financiamento.

28/01/2022 às 11:30
Notícia

Drone DJI Inspire 2, ícone para produção de imagens profissio...

Vazamento aponta que Inspire 3 deverá ser lançado ainda em 2022

O Shanghai Venture Capital Guidance Fund, administrado pelo Governo Municipal de Xangai, é outro fundo que tem a DJI como investimento. Também tem a Guangdong Hengjian Investment Holding, que investiu na DJI junto com a SenseTime, adicionada à lista de sanções do governo Biden em dezembro por violações de direitos humanos em Xinjiang, e o SDIC Unity Capital, um fundo operado por uma holding estatal de investimentos sancionada pelo Conselho de Estado da China.

Em uma entrevista, Brandan Carr, da Comissão Federal de Comunicações (FCC), disse que os relatórios de financiamento estatal chinês da DJI são “profundamente preocupantes”. Além disso, A IPVM explica que, como a DJI não é uma empresa de capital aberto, ou seja, a lista de investidores e proprietários não está disponível publicamente, é muito mais complicado descobrir quaisquer conexões entre a fabricante de drones mais famosa do mundo e o governo chinês.

Devemos lembrar que a DJI tem 77% do mercado de drones para consumidores e 90% dos drones utilizados por agências de segurança nos Estados Unidos. Em paralelo, a fabricante virou alvo de grandes suspeitas do governo norte-americano justamente por possíveis laços estreitos com o governo chinês e o risco potencial de dados dos usuários estarem sendo coletados por drones DJI e enviados para a China. Em dezembro, o Departamento do Tesouro dos EUA também adicionou a DJI a uma lista de empresas banidas para investimentos, e desde 2020 as empresas sediadas nos EUA não podem mais exportar tecnologia para a fabricante de drones sem uma licença apropriada do Bureau of Industry and Security.

Continua após a publicidade

04/12/2021 às 09:26
Vídeo

Veja drone DJI Mavic 3 mostrando potencial de suas câmeras em...

Nossas primeiras impressões já mostram muito do que as câmeras desenvolvida em parceria com a Hasselb...

No ano passado, o Departamento de Defesa estadunidense disse que sua proibição de 2017 sobre a aquisição de drones DJI permaneceria em vigor.

O Washington Post diz que a DJI não fez comentários sobre o suposto investimento chinês e que a fabricante permanece negando ter recebido qualquer investimentos “diretos” de Pequim. Nenhuma das quatro entidades citadas respondeu aos pedidos de comentários.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: DroneXL, DroneDJ
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.