NASA adia lançamento da missão Artemis 1 para depois de março
Créditos: Divulgação/NASA

NASA adia lançamento da missão Artemis 1 para depois de março

Missão terá objetivo de testar tecnologias para o retorno à lua

NASA anunciou que o lançamento da missão Artemis 1 foi adiado. Originalmente programado para março, a missão que tem como objetivo testar as tecnologias para o retorno da humanidade à lua só será realizada em abril ou maio. 

01/02/2022 às 18:18
Notícia

Telescópio Hubble captura imagem de duas galáxias prestes a s...

Imagem pode ser considerada um spoiler do nosso futuro

NASA adia Artemis 1 para realizar mais preparativos

A primeira missão do Programa Artemis não fará nenhum pouso no satélite, apenas orbitará a Lua para testes da Orion — espaçonave que levará uma tripulação na segunda missão — e enviar mais de dez CubeSats, pequenos satélites artificiais, para pesquisas científicas durante a viagem e na órbita lunar. O motivo do adiamento é que a NASA quer realizar mais ajustes na integração entre a Orion e o Space Launch System (SLS), foguete responsável pela propulsão da espaçonave. Esses ajustes são realizados no VAB, sigla em inglês para Setor de Montagem de Veículo, localizado no SLS. A NASA espera lançar a missão da sua plataforma na Flórida em abril ou maio.

Programa Artemis: a humanidade volta à lua

 

Programa Artemis terá três missões. A Artemis 1, não tripulada, servirá como um teste para o foguete SLS e a espaçonave Orion, além de testar também outras tecnologias da NASA para as missões tripulados na órbita lunar. Em maio de 2024 (se tudo ocorrer como o planejado), será a vez da Artemis 2 levar humanos para a órbita da lua e além da órbita baixa pela primeira vez desde 1972, quando foi realizada a última missão Apollo. A Artemis 3 deve acontecer em 2025 e finalmente pousará com humanos na Lua, 53 anos após a última visita ao satélite natural. 

"Alexa, fly me to the moon"

 

A frase acima daria uma bela propaganda na voz de Frank Sinatra, cantor da música Fly Me To The Moon. Mas a Amazon pode se contentar em ver a assistente virtual Alexa tocar a música após atender o pedido de um astronauta na missão Artemis 1. A empresa terá sua assistente virtual presente na missão, a primeira da NASA no seu projeto de levar novamente pessoas à lua. A Alexa será testada na sua função normal, de assistente, integrada na Orion, espaçonave fabricada pela Lockheed Martin. Os astronautas poderão usar a assistente virtual para receber informações de telemetria em tempo real, como "Alexa, qual a velocidade da Orion", "Alexa, qual temperatura da cabine". Bem Star Trek essa Orion. E ah, a Artemis I não será tripulada: para testar o uso da Alexa foi desenvolvido uma tripulação virtual sediada em Houston. E para celebrar a parceria, novas interações com a Alexa serão lançadas no dia da missão. Mas você pode dizer "Alexa, leve-me para a lua" para receber lembretes da Artemis I.

Continua após a publicidade

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.