Flores com 99 milhões de anos são encontradas preservadas em âmbar
Créditos: Shuo Wang/Reprodução

Flores com 99 milhões de anos são encontradas preservadas em âmbar

Cientistas encontraram as flores na África do Sul e afirmam que são muito parecidas com as que conhecemos hoje em dia

Cientistas descobriram flores com 99 milhões de anos preservadas em blocos de âmbar. As flores pré-históricas foram descobertas na África do Sul e apresentam características idênticas às observadas em plantas de áreas propensas ao fogo.

Elas foram encontradas na região que hoje é conhecida como Mianmar e podem ajudar os cientistas a desvendarem como as flores evoluíram. Por serem uma parte da planta que floresce, gera fruto e depois desaparece, é raro encontrar bons registros fósseis de flores. Robert Spicer, professor da Escola de Ciências do Meio Ambiente, Terra e Ecossistema da Universidade de Alberta, no Reino Unido, afirma que o achado é de extrema importância. "Essas flores em particular são quase idênticas às suas parentes modernas. Realmente não há grandes diferenças".

A pesquisa foi publicada na conceituada revista Nature e as flores nomeadas pelos pesquisadores como Eophylica priscatellata e Phylica pilobumensis. Flores do gênero Phylica são muito comuns na região da África do Sul.

Importância do achado

Pesquisadores afirmam que a evolução e disseminação de plantas com flores, desempenharam papel essencial na formação e diversificação da vida. Insetos, anfíbios, mamíferos, pássaros conseguiram evoluir e apresentar características distintas com base na disseminação de frutos e sementes das flores.

01/02/2022 às 21:30
Notícia

China lança moeda digital para as Olimpíadas de Inverno 2022

Diferente de criptomoedas, Yuan Digital possui lastros e garantia de autoridade monetária

O pesquisador Spicer comenta que ainda não se sabe qual a data em que plantas com flores surgiram, porém o achado pode ajudar a esclarecer tal dúvida. Os espécimes possuem características idênticas às observadas em flores de áreas propensas ao fogo, como do bioma de fynbos (plantas de folhas finas) típico da África do Sul. As flores foram encontradas próximo a outro fóssil de âmbar que continha plantas parcialmente queimadas.

A Phylica pilobumensis é a primeira planta com flores conhecida a possuir parentes quase idênticos, ainda vivos atualmente. De acordo com os pesquisadores, caso as primeiras flores foram expostas a incêndios em locais semi-áridos, isso explica a ausência do registro fóssil das fases iniciais da evolução das angiospermas, o que pode ajudar a identificar o momento em que as angiospermas surgiram na Terra.

Aqui preservamos em âmbar todos os detalhes de uma dessas flores precoces exatamente no momento em que as plantas com flores começam a se espalhar pelo mundo, e mostra uma excelente adaptação a ambientes sazonalmente secos que sustentam a vegetação exposta a frequentes incêndios florestais

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: CNN Brasil
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.