Lixo espacial: foguete abandonado da SpaceX deve cair na Lua em março
Créditos: NASA/Reprodução

Lixo espacial: foguete abandonado da SpaceX deve cair na Lua em março

Falcon 9, lançada em 2015, terá colisão com a Lua estudada por especialistas

Em 2015, o foguete Falcon 9 decolava da Flórida, nos Estados Unidos, com a missão de levar satélites meteorológicos para o espaço. Após sete anos acompanhando o foguete da Space X, empresa pertencente ao bilionário Elon Musk, finalmente sabe-se o destino final dele: a Lua.

Pesando aproximadamente quatro toneladas e viajando a uma velocidade de 2,58 quilômetros por segundo, a colisão deste gigante abandonado no espaço com nosso satélite natural, irá ocorrer no dia 4 de março.

 

As previsões sobre o destino do Falcon 9 foram possíveis graças ao software Guide - utilizado por especialistas e astrônomos amadores para observação de estrelas e asteroides. Ainda não é possível dizer com precisão a hora e local da queda, porque diversos fatores podem influenciar na rota, como a alteração da órbita do foguete. "Esses efeitos imprevisíveis são muito pequenos", declarou Bill Gray, criador do software Guide. Mas a partir de fevereiro, as leituras serão mais precisas e novas informações quanto ao local da colisão com a Lua poderão ser obtidas.

Bill Gray, observou que talvez essa seja a primeira vez que “lixo espacial” irá se chocar com a Lua acidentalmente.

O meteorologista Eric Berger, observou em seu artigo sobre o Falcon 9 que:

Para lançamentos de naves espaciais destinadas a orbitar a Terra, a melhor prática é reservar combustível suficiente no estágio superior de um foguete para devolvê-lo à atmosfera da Terra, onde será queimado. Isso é o que a SpaceX e a maioria das empresas de foguetes ocidentais costumam fazer para ajudar a controlar detritos na órbita baixa da Terra. A Lua, é claro, não tem atmosfera para o realizar essa queima.”

Berger ainda complementa dizendo que faltou combustível para que a Falcon 9 ultrapassasse a gravidade do sistema Terra-Lua; e o resultado disso são os roteiros caóticos aos quais o foguete ficou à mercê.

Mas, esse evento não é de todo ruim: ele servirá para que os especialistas realizem estudos sobre a cratera gerada pela colisão, coletando dados e informações sobre o evento. Mas também nos faz pensar sobre como no futuro esse "lixo espacial" poderá afetar a exploração do espaço e nossa vida aqui na Terra.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Ars Technica
User img

Eddy Venino

Escreve sobre games, filmes, séries e tecnologia desde 2017. Já teve diversos projetos na área, entre sites especializados e podcast. Ama cultura POP e se der corda vai conversar sobre assunto por horas a fio, indo de Dragon Ball a literatura clássica. Idealizador do coletivo NOIZ; hoje tenta tornar o entretenimento um local mais receptivo para que todos possam curtir seu lado geek/nerd.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.