Ransomware: o que é e como proteger a sua empresa de ataques cibernéticos
Créditos: TheDigitalWay / Pixabay

Ransomware: o que é e como proteger a sua empresa de ataques cibernéticos

Sequestro de dados foi um dos ataques mais infames de 2021

Se um ataque hacker fosse um time de futebol, o campeão do "Hackzão 2021" seria o ransomware. O tipo de ataque cibernético, um sequestro de dados, foi realizado em diversas empresas e órgãos públicos no ano anterior. Inclusive nessa semana publicamos aqui o ataque ransomware ao órgão ferroviário da Belarus.

24/01/2022 às 18:50
Notícia

Hackers invadiram sistema de trens da Belarus por uma boa causa

Grupo tenta impedir que militares russos atravessem o país para chegar na fronteira da Ucrânia

Ransomware: o ransom é de "resgate"

ransomware é um tipo de malware – nome dado aos softwares desenvolvidos com a intenção de causar danos a um computador, servidor ou rede — que age por meio da criptografia de dados, “trancando” os donos da rede ou computador para fora dos domínios, impedindo o acesso às próprias informações. A empresa é, então, ameaçada de ter seus dados vazados. Normalmente é pedido um resgate (ransom, em inglês)para que o acesso seja retomado.

Segundo a especialista em segurança da informação Alicia Dias, todo e qualquer dispositivo conectado, de alguma forma, aos domínios da empresa, está sujeito a ataques de ransomware. Além de impedir que os negócios continuem, o ransomware também prejudica a imagem da empresa, passando a visão de que a companhia não possui uma boa estrutura de segurança.

“É possível, por exemplo, perder acesso aos próprios sites e base de dados de consumidores e clientes. Ou seja, negócios inteiros podem ser paralisados caso algum sistema crítico caia nas mãos de um atacante. Um dos exemplos mais marcantes foi o da invasão à empresa Colonial Pipeline, uma das maiores empresas de gasodutos dos EUA, que aconteceu no ano passado. Graças a um ataque que impedia a empresa de acessar seus sistemas de cobrança, a produção foi suspensa, o que causou a diminuição de oferta no mercado e o aumento do preço”, diz a especialista.

Como proceder em caso de ataque

Se houver uma confirmação de infecção por malware, existe um passo a passo a ser seguido, conforme as instruções do instituto britânico de proteção de dados National Cyber Security Centre:

  • Desconectar imediatamente os dispositivos infectados de toda a rede, seja ela cabeada ou wi-fi;
  • Reconfigurar as senhas, especialmente as de administradores e de contas de sistema;
  • Reformatar todos os dispositivos infectados;
  • Certificar-se de que o sistema está livre de qualquer malware antes de restaurar o backup;
  • Conectar seus dispositivos à uma rede segura e instalar as atualizações dos sistemas operacionais;
  • Instalar e ativar um antivírus;
  • Monitorar o tráfego de rede e fazer escaneamentos constantes de antivírus para identificar possíveis restos de infecção.

Caso uma invasão por malware aconteça, existem também algumas práticas que auxiliam a recuperação de um ataque, como backups completos e sistemas redundantes armazenados isoladamente. Segundo Alicia, há empresas que oferecem seguro contra esse tipo de ataque. “Mas vale ressaltar que essas medidas, apesar de importantes, são reativas. O ideal para se proteger contra qualquer ataque é não deixar que ele aconteça. Dessa forma, ter um time bem treinado e alinhado às políticas de segurança da empresa é imprescindível”, finaliza.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.