Facebook é processado por morte de homem nos Estados Unidos
Créditos: Divulgação/Facebook

Facebook é processado por morte de homem nos Estados Unidos

Irmã de vítima processa empresa por assassinos terem se comunicado pelo Facebook

Facebook/Meta está em um novo processo judicial que não dará em nada. A Meta, dona da rede social Facebook, é considerada culpada pela morte de um agente do Serviço de Proteção Federal (FPS, órgão responsável pela segurança de prédios federais) por ter sido o meio de comunicação entre os dois assassinos. E claro, quem culpa a empresa disso: a irmã da vítima. Ela pede uma indenização pelo assassinato (e não ganhará).

25/01/2022 às 12:00
Notícia

Meta, dona do Facebook, está construindo o supercomputador ma...

Máquina terá um papel fundamental no desenvolvimento do metaverso da empresa

Extremistas se conheceram no Facebook

O assassinato de Dabe Patrick Underwood, que aconteceu em junho de 2020, meses antes das eleições americanas, foi realizado por dois homens ligados a um grupo extremista defensor da teoria conspiracionista de que os Estados Unidos passará por uma segunda guerra civil. Os criminosos (ligado ao grupo acusado de terrorismo doméstico pelo FBI) utilizavam o Facebook para se comunicar e organizar a ação que levou a morte do agente federal. Ambos assassinos acreditavam que o assassinato do policial (a FPS é uma força de polícia ligado ao Departamento de Segurança Interna) seria a fagulha responsável por iniciar a tal segunda guerra civil. Obviamente o assassinato só causou a prisão dos dois homens. A condenação ainda não saiu, mas um dos assassinos pode receber a pena de morte. E a irmã da vítima quer que o Facebook pague uma indenização pela morte do agente federal.

Indenização por fornecer a ferramenta de comunicação? 

 

A irmã da vítima acusa que a "negligência de design" do Facebook não se importou com o possível impacto negativo que a rede social pode trazer ao mundo. Deixa eu explicar melhor: a mudança do algoritmo no Facebook, focando em divulgar interesses em comum e não mais em compartilhar notícias, não levou em conta o risco de unir pessoas mal intencionadas. Após as eleições de 2016 a rede social de fato focou nos Grupos, até mesmo publicando propagandas na TV sobre essa funcionalidade. Mas você pode punir o telefone por um trote? E por que ela não processou as operadoras de internet usadas pelos assassinos?

Facebook tem culpa em não ter se aprofundado em combater a campanha de desinformação e polarização, mas se não fosse o Facebook, os criminosos poderiam ter se encontrado e se comunicado por outras redes sociais.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tech Dirt
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.