Telescópio James Webb chega no ponto final da sua viagem
Créditos: Divulgação/NASA

Telescópio James Webb chega no ponto final da sua viagem

JWST viajou por um mês até atingir o ponto Lagrange 2

Após um mês de viagem, o telescópio James Webb finalmente chegou no seu destino. O telescópio está agora orbitando nosso planeta há mais de 1,5 milhão de quilômetros de distância. Do seu ponto final, ele captará as imagens nos ajudarão a entender mais sobre o universo.

21/01/2022 às 19:40
Notícia

Atenção, marcianos: voo cancelado por mau tempo

Helicóptero Ingenuity da Nasa em Marte é impedido de voar por causa de tempestade de areia

James Webb e sua habilidade de transformer

telescópio realizou as últimas manobras de correção nesta segunda-feira, dia 24, atingindo o ponto orbital de Lagrange 2 (ou L2 para os íntimos). Nesse ponto o JWST (sigla em inglês para Telescópio Espacial James Webb) será menos afetado pelo calor do sol e do sistema orbital entre Terra e Lua. Como capta imagens em infravermelho, que chegam até nós como calor, o James Webb precisa operar em temperaturas mais frias, além de também não sofrer um superaquecimento nos equipamentos — o que seria um prejuízo para um telescópio que custou 10 bilhões de dólares.

Devido ao seu tamanho gigantesco (equivalente a uma quadra de tênis ou um prédio de três andares) o James Webb foi enviado "encapsulado" dentro do foguete Ariane 5. Assim como um transformer ou um inseto fazendo metamorfose, o telescópio foi adquirindo a sua forma final durante a viagem, realizando operações para abrir o conjunto de velas, os espelhos e outros instrumentos.

James Webb: anos de produção até o lançamento

 

 

O projeto do telescópio James Webb foi desenvolvido pela National Aeronautics and Space Administration (NASA) em conjunto com as agências espaciais europeias e canadense e era previsto para ter sido lançado inicialmente em 2007. Mas alguns problemas atrasaram o lançamento do modelo, um deles foi o alto custo de produção do telescópio James Webb, que estava aumentando cada vez mais e, ainda em 2005, fizeram os engenheiros repensar o projeto original.

Em 2016 o telescópio foi declarado como pronto, mas novamente o seu projeto foi suspenso por complicações de construção e ficou assim até 2019, quando ele finalmente foi montado. Entretanto, devido a pandemia causada pela COVID-19, mais atrasos aconteceram até a NASA finalmente marcar o dia 18 de dezembro para o lançamento.

Continua após a publicidade

21/01/2022 às 18:40
Notícia

NASA encontra buraco negro que está "fabricando" es...

Evento ajudará a entender a formação do universo e de galáxias

Através dele os pesquisadores poderão observar ainda mais coisas do espaço, podendo ver algumas das galáxias mais antigas do universo e outros corpos celestes, como buracos negros.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.